04122020Sex
AtualizadoSex, 04 Dez 2020 6pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Integração e atualização científica

simposio_internacional_oncoclinicas_do_brasil.jpgO Grupo Oncoclínicas promove dias 20 e 21 de novembro, em São Paulo, seu 3º Simpósio Internacional, confirmando seu compromisso com a educação médica continuada e o intercâmbio científico. O evento conta com alguns dos principais nomes da oncologia brasileira e recebe importantes experts internacionais, especialmente do Dana-Farber Cancer Institute, da Harvard Medical School.

Com um programa de alto nível, organizado pelo Instituto Oncoclínicas, O 3º Simpósio Internacional do Grupo traz questões que dialogam com a prática clínica, distribuídas em módulos temáticos - câncer de mama, câncer gastrointestinal, geniturinário, melanoma e câncer de pulmão -, com o objetivo de trazer ao médico brasileiro o estado da arte no tratamento dessas neoplasias.  
 
Entre os convidados internacionais estão Eric Winer, diretor da área de mama do centro de oncologia do Dana-Farber, que na conferência magna vai percorrer duas décadas de história na abordagem do câncer de mama, com seus avanços e desafios; Mehra Golsham, grande ícone da oncologia internacional e diretor do serviço de cirurgia de mama do Dana-Farber, aborda a cirurgia redutora de risco em mulheres de alto risco e em outro painel discute o papel da observação em carcinoma ductal in situ de baixo grau. O painel de mama conta ainda com a participação do oncologista clínico Otto Metzger, instrutor em medicina na Harvard Medical School, que explora a chegada de novos agentes que modulam a resistência hormonal de pacientes com câncer de mama status hormonal positivo.
 
No câncer gastrointestinal, Roberto de Almeida Gil é o chairman de um debate de alto nível, que traz para a agenda os grandes temas do momento, do screening ao tratamento sistêmico. Jeffrey Meyehardt apresenta o estado da arte no tratamento adjuvante do câncer de cólon e encerra a programação científica com os progressos no cenário da doença avançada.
 
No tratamento do melanoma, destaque garantido na programação para os inibidores de checkpoint, em monoterapia ou esquemas de combinação. E em tempos de novas alternativas terapêuticas, o cirurgião oncológico do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, Daniel Coit, fala da avaliação de linfonodo e do papel do cirurgião, em outro tema que promete concentrar as atenções da agenda.
 
No módulo de câncer de pulmão, o chairman Jacques Tabacof recebe Raphael Bueno, presidente da Divisão de Cirurgia Torácica do Brigham and Women’s Hospital, que fala da abordagem atual do mesotelioma. O painel conta ainda com a participação do oncologista e diretor de pesquisa sobre o câncer no Lynn Cancer Institute em Boca Raton, Edgardo Santos Castillero, que fala de imunoterapia em câncer de pulmão. O tema mais uma vez ganhou os holofotes na última conferência anual da ASCO e tem sido pauta obrigatória nos principais eventos da oncologia mundial.
 
O urologista Carlos Corradi, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), é o chairman do painel de câncer geniturinário e recebe o médico Lucas Nogueira, diretor de Uro-Oncologia da SBU, em uma aula sobre o tema do momento: a melhor sequência terapêutica no câncer de próstata resistente à castração. No cenário da doença hormônio-sensível, o médico Volney Soares apresenta os estudos que suportam o uso da quimioterapia em um cenário mais precoce da doença avançada, em mais um tema atual e de grande impacto na prática clínica.
O módulo GU ainda reserva espaço para atualizações em câncer renal e no câncer de bexiga.
 
O 3º Simpósio Internacional do Grupo Oncoclínicas acontece no Grand Hyatt, em São Paulo.
 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519