23042019Ter
AtualizadoSeg, 22 Abr 2019 6pm

banner_freud_adv_468x60.jpg

ASH 2014

DASISION: análise final apresentada na ASH

dasatinib_molecula_bx.jpgO estudo randomizado DASISION confirmou nesta 56ª ASH a superioridade do dasatinibe em comparação com imatinibe em pacientes com Leucemia Mieloide Crônica  em fase crônica (LMC-CP), sem tratamento prévio.

A análise final considerou pacientes com LMC-CP recém diagnosticados para receber dasatinibe, em doses de 100 mg uma vez por dia (n = 259), ou imatinibe, 400 mg uma vez por dia (n = 260). O endpoint primário foi resposta citogenética completa (cCCyR) por 12 meses.

Na análise apresentada após cinco anos de acompanhamento, 61% dos pacientes tratados com dasatinibe e 63% dos pacientes tratados com imatinibe ainda estavam na terapia inicial. As taxas de resposta citogenética molecular continuaram maiores para dasatinibe em comparação com o imatinibe (83% versus 78%, P = 0,187), assim como foram as taxas de resposta molecular maior (MMR; BCR-ABL ≤0.1%; 76% vs 64 %, P = 0,002) e resposta molecular (BCR-ABL ≤0.0032 IS%; 42% versus 33%, P = 0,025) em 5 anos.

O tempo para alcançar a resposta citogenética maior foi mais rápido com dasatinibe.

Em relação ao perfil de segurança, não foram identificados eventos inesperados no acompanhamento de 5 anos. No entanto, a incidência total de derrame pleural continuou a aumentar a cada ano nos pacientes tratados com dasatinibe (29% do total). A maioria dos casos de derrame pleural foram de grau 1/2 (n = 67/74), mas a interrupção do dasatinibe devido a derrame pleural ocorreu em apenas 15 pacientes (6% do total). Eventos isquêmicos arteriais não foram freqüentes, ocorrendo em 12 pacientes (5%) tratados com dasatinibe e 6 pacientes (2%) com imatinibe. Dos pacientes com eventos isquêmicos arteriais globais, 8 estavam em uso de dasatinibe e 3 eram tratados com imatinibe.

Em conclusão, em 5 anos o uso de 100 mg de dasatinibe uma vez por dia demonstrou resultado superior quando comparado com imatinibe na dose de 400 mg/ dia como terapia inicial para a LMC. As taxas de sobrevida livre de progressão e de sobrevida global foram iguais nos dois braços.

Referência

Final Study Results of the Phase 3 Dasatinib Versus Imatinib in Newly Diagnosed Chronic Myeloid Leukemia in Chronic Phase (CML-CP) Trial (DASISION, CA180-056)
Jorge Cortes, Giuseppe Saglio, Michele Baccarani, Hagop M. Kantarjian, Jiri Mayer, Concepción Boqué, , Neil P. Shah, Charles Chuah, Luis Casanova, Geetha Narayanan, Brigid Bradley-Garelik, George Manos e Andreas Hochhaus

https://ash.confex.com/ash/2014/webprogram/Paper68183.html

Publicidade
banner modelo3 newsletter onconews 300x150 pixels
Publicidade
banner astellas2018 v1
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250