24102019Qui
AtualizadoQua, 23 Out 2019 1pm

PUBLICIDADE
topbanner novartis2019 468x60

ASCO GU 2014

Câncer de pênis, uretra e testiculos

testiculo.jpgApesar de representar uma proporção relativamente pequena dos resumos apresentados no Simpósio GU deste ano, tumores de pênis, uretra e testículos foram tema de dois estudos notáveis.

Stephanie Howard, do Dana-Farber Cancer Institute, apresentou uma revisão retrospectiva de pacientes com tumores testiculares de células germinativas em estadio clínico I. O estudo revelou que o tamanho dos linfonodos medidos longitudinalmente (e não axialmente) está correlacionado com um maior risco de recaída na doença não-seminomatosa (Abstract 363). Os pesquisadores identificaram que os pacientes com nódulos maiores que 1,5 cm de comprimento foram 4 vezes mais propensos a experimentar recidiva da doença, em comparação com pacientes com nódulos medindo 1,5 cm ou menos de comprimento (HR 4,61, 95% CI [ 1,10-19,37]).
Um estudo multicêntrico de fase II mostrou que a adoção de flavopiridol mais oxaliplatina com ou sem 5-fluorouracil e leucovorina em pacientes com tumores de células germinativas metastáticos refratários descobriu que flavopiridol mais FOLFOX produziu uma taxa de resposta global de 50% e uma taxa de benefício clínico de 90% em pacientes com recaída tardia (> 2 anos) após quimioterapia anterior. A investigação mostrou respostas duradouras de aproximadamente 2 anos em três dos cinco pacientes (Abstract 364) . Os resultados justificam uma avaliação mais aprofundada de flavopiridol mais FOLFOX neste subgrupo de pacientes.

Fonte: J Clin Oncol 32, 2014 (suppl 4; abstr 363); J Clin Oncol 32, 2014 (suppl 4; abstr 364)

Publicidade
banner personal2019 250x300p
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner ibcc2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519