21072019Dom
AtualizadoQui, 18 Jul 2019 7pm

PUBLICIDADE
topbanner novartis2019 468x60

ASCO GU 2019

Análise de subgrupo do estudo JAVELIN Renal 101

toni choueiri bx 2No estudo JAVELIN Renal 101 (em andamento), a sobrevida livre de progressão e a taxa de resposta objetiva foram maiores com avelumabe + axitinibe vs sunitinibe em pacientes com carcinoma de células renais avançado sem tratamento prévio. No ASCO GU 2019, o oncologista Toni Choueiri apresentou os resultados de uma análise de vários subgrupos.

Os pacientes foram randomizados 1: 1 para receber avelumabe (10 mg/kg) IV a cada 2 semanas + axitinibe (5 mg via oral) duas vezes ao dia ou sunitibe (50 mg) via oral uma vez ao dia por 4 semanas (ciclos de 6 semanas). Os endpoints primário e secundários foram sobrevida livre de progressão por comitê de revisão independente (IRC; RECIST v1.1) e sobrevida global em pacientes com tumores PD-L1 + (≥1% das células imunes) e em pacientes independentemente da expressão de PD-L1.

Resultados

Um total de 886 pacientes foram randomizados; 560 (63%) tinham tumores PD-L1 +. No cut off de dados (junho de 2018), o acompanhamento médio foi de 12 vs 11,5 meses para os grupos avelumabe + axitinibe vs sunitinibe. Os dados de sobrevida livre de progressão e taxa de resposta objetiva pelos grupos de risco MSKCC e IMDC (F, favorável; I, intermediário; P, baixo) e subgrupo PD-L1 estão na tabela. Resultados semelhantes para o risco prognóstico foram observados em pacientes com tumores PD-L1+.

“No carcinoma de células renais avançado, avelumabe + axitinibe demonstrou benefício de sobrevida global e resposta objetiva em todos os grupos de risco prognóstico e subgrupos PD-L1 vs sunitinibe”, concluíram os autores.

 

A + Ax (n=442)

S (n=444)

 

n (%)

Median PFS 

ORR 

n (%)

Median PFS 

ORR 

   

(95% CI), mo

(95% CI), %

 

(95% CI), mo

(95% CI), %

MSKCC risk

           

F

96 (22)

NE (12.6-NE)

66 (55.2-75.0)

100 (23)

16.7 (11.1-18.6)

38 (28.5-48.3)

I

283 (64)

13.3 (8.5-NE)

50 (43.5-55.5)

293 (66)

7.9 (6.7-9.8)

24 (19.4-29.6)

P

51 (12)

5.6 (2.6-11.2)

31 (19.1-45.9)

45 (10)

2.8 (1.5-2.9)

9 (2.5-21.2)

IMDC risk

           

F

94 (21)

NE (16.1-NE)

68 (57.7-77.3)

96 (22)

13.8 (11.1-18.6)

38 (27.8-48.0)

I

271 (61)

13.8 (9.7-NE)

51 (45.2-57.4)

276 (62)

8.4 (7.0-11.2)

25 (20.3-30.9)

P

72 (16)

6.0 (3.6, 8.7)

31 (20.2-42.5)

71 (16)

2.9 (2.7-5.5)

11 (5.0-21.0)

PD-L1 status

           

+

270 (61)

13.8 (11.1-NE)

55 (49.0-61.2)

290 (65)

7.2 (5.7-9.7)

26 (20.6-30.9)

132 (30)

16.1 (9.7-NE)

47 (38.2-55.8)

120 (27)

11.1 (6.9-17.3)

28 (20.5-37.3)

Unknown

40 (9)

9.9 (7.1-NE)

40 (24.9-56.7)

34 (8)

8.4 (4.3-NE)

18 (6.8-34.5)

NE, not estimable

Referência: Subgroup analysis from JAVELIN Renal 101: Outcomes for avelumab plus axitinib (A + Ax) versus sunitinib (S) in advanced renal cell carcinoma (aRCC). - J Clin Oncol 37, 2019 (suppl 7S; abstr 544) - Toni Choueiri et al - J Clin Oncol 37, 2019 (supl. 7S; resumo 544)

Publicidade
300x250 ad onconews200519
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner ibcc2019 300x250