21072019Dom
AtualizadoQui, 18 Jul 2019 7pm

PUBLICIDADE
topbanner novartis2019 468x60

ASCO GU 2019

TKIs no câncer renal do idoso

nirvana luciana ascogu2019Luciana de Moura Leite (na foto, à direita), do AC Camargo Cancer Center, é a primeira autora de estudo apresentado na sessão de pôster do simpósio ASCO GU 2019, que comparou a eficácia e segurança da terapia de 1ª linha entre pacientes idosos e não idosos com carcinoma de células renais metastático (mRCC), a partir de fatores que influenciam sobrevida e toxicidade. O trabalho contou com a participação da oncologista Nirvana Formiga (foto).

 

Nesta análise, foram revisados retrospectivamente prontuários de pacientes com mRCC tratados com TKI de 1ª linha na instituição, de 2007 a 2018. As variáveis foram comparadas pelo teste de Fisher e pelo teste de Mann-Whitney. Dados de sobrevida foram estimados pelo método de Kaplan-Maier e fatores prognósticos foram ajustados pelo modelo de regressão de Cox.

Resultados

De 171 pacientes elegíveis, 64 (37,4%) tinham ≥ 65 anos de idade, com mediana de 70,5 anos para idosos (I) e de 56 anos para não idosos (NI). Em ambos os grupos, a maioria era do sexo masculino, com histologia de células claras, risco IMDC bom / intermediário, nefrectomia prévia e > 1 sítio metastático. O grupo de idosos apresentou mais diabetes (35,9 vs16,8%, p.009), hipertensão (67,2 vs 46,7%, p.01), doença cardiovascular (15,6 vs 6,5%, p.06), disfunção renal moderada / grave (62,5 vs 28,8%, p <0,001), alto Índice de Comorbidades de Charlson (CCI≥3, 48,4% vs 20,8%, p <0,0001), polifarmácia (34,4 vs 15,9%, p.008), pior ECOG (≥2, 28,2 vs 12,3%, p.01), e uma tendência para pior nutrição (perda de peso 35,9 vs 22,5%, p.07).

Quando considerado o tipo de TKI empregado no tratamento entre idosos e não-idosos, sunitinibe foi usado em 60,9% vs 79,4%, pazopanibe em 35,9% vs 18,7%, sorafenibe em 3,1% vs 1,9%.

A mediana de sobrevida global (SG) e sobrevida livre de progressão (SLP) foi, respectivamente, de 23,7 meses vs 25,6 meses (p.8) e de 9,3 meses vs 10,9 meses (p.7). A idade não influenciou os desfechos mesmo quando ajustados os fatores prognósticos (HR 1,17, IC95 0,77-1,78, p.45).

Em relação à segurança, a toxicidade grau (G) 3-4 foi observada em 59,4 vs 53,3%; a redução da dose em 54,7 vs 53,3% e a suspensão devido à toxicidade em 25 vs 13,3% para Idosos e não-idosos, respectivamente. A presença de comorbidades ou polifarmácia impactou a SG e a toxicidade, mas pacientes que usaram sunitinibe tiveram maior toxicidade G3- 4 do que aqueles tratados com pazopanibe (71,8 vs 39,1%, p.02).

Em conclusão, os idosos tiveram desfechos semelhantes aos pacientes não-idosos, apesar de comorbidades maiores e da presença de polifarmácia, indicando claramente que terapias eficazes não devem ser evitadas nessa população (Abstract 588).

Referências: Eficacy and safety of first-line TKI in elderly with metastatic renal cancer. - J Clin Oncol 37, 2019 (suppl 7S; abstr 588)

Publicidade
300x250 ad onconews200519
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner ibcc2019 300x250