14042024Dom
AtualizadoSex, 12 Abr 2024 4pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

SAN ANTONIO 2022

ACOSOG Z11102: Terapia conservadora da mama e recorrência local em pacientes com múltiplas lesões mamárias

Boughey JudyPacientes com múltiplos tumores na mesma mama submetidas a lumpectomia seguida de radioterapia tiveram taxas de recidiva local comparáveis às historicamente observadas em pacientes com tumor único. Os resultados são do ensaio clínico prospectivo fase II ACOSOG Z11102 (Alliance), apresentados no San Antonio Breast Cancer Symposium (SABCS 2022) pela mastologista Judy C. Boughey (foto), da Mayo Clinic.

“Para a maioria das pacientes que apresentam dois ou três locais de câncer em uma mama, a recomendação é se submeter a uma mastectomia, pois estudos históricos mostraram altas taxas de recorrência local em pacientes que se submeteram à terapia conservadora da mama, consistindo em lumpectomia e radioterapia”, explicou Boughey, chefe da Divisão de Cirurgia Oncológica de Mama e Melanoma na Mayo Clinic.

“Os avanços nas técnicas de imagem permitiram uma maior detecção de tumores de mama adicionais, levando a mais pacientes submetidas à mastectomia que, de outra forma, poderiam ter preferido a terapia conservadora da mama. No entanto, até o momento, não houve estudos clínicos prospectivos avaliando a recorrência local após a terapia conservadora da mama em pacientes com múltiplas lesões mamárias ipsilaterais. O principal objetivo deste estudo foi avaliar se a cirurgia conservadora seguida de radioterapia é um tratamento adequado para pacientes com mais de um tumor em uma única mama”, acrescentou.

O ensaio incluiu mulheres com mais de 40 anos que tinham dois ou três focos de câncer de mama na mesma mama (cada local < 5 cm de tamanho com pelo menos 1 local invasivo) separadas por > 2-3 cm de tecido mamário normal e doença limitada a dois quadrantes da mama com doença cN0 ou cN1. Todas as pacientes haviam realizado mamografia e/ou ultrassonografia, e a maioria também havia realizado ressonância magnética das mamas. Quatorze das pacientes inscritas foram submetidas à mastectomia devido a margens positivas persistentes, o que impediu a terapia conservadora da mama.

As demais pacientes foram tratadas com cirurgia conservadora e subsequente radioterapia de toda a mama com reforços de radiação em todos os locais de cirurgia. O endpoint primário foi a recorrência local em cinco anos após a conclusão da radiação.

O endpoint primário foi a incidência cumulativa de recorrência local (LR, definida como evidência histológica de carcinoma ductal in situ ou câncer de mama invasivo na mama ipsilateral ou na parede torácica) em 5 anos (tratando morte e recorrência distante e nodal/regional como riscos concorrentes) para avaliar se a taxa é superior a 8%. Os dados foram congelados em 25 de maio de 2022.

Resultados

Entre as 204 pacientes avaliáveis, seis pacientes desenvolveram recorrência local após um acompanhamento médio de 66,4 meses, para uma taxa de recorrência local em 5 anos de 3,1% (95% CI: 1,3, 6,4), semelhante às taxas de recorrência local observadas em estudos anteriores para pacientes com um único tumor de mama submetidas a terapia conservadora da mama.

A taxa de recorrência local foi maior entre as 15 pacientes que não foram submetidos a uma ressonância magnética de mama pré-cirúrgica em comparação com as 189 pacientes submetidos a este exame de imagem (22,6% vs. 1,7%; p=0,002). “Isso pode ter ocorrido devido a uma maior detecção dos locais da doença antes da cirurgia em pacientes submetidos à ressonância magnética da mama, permitindo potencialmente uma ressecção mais completa” observou Boughey. O risco de recorrência local não foi associado à idade da paciente, número de lesões mamárias, biologia do tumor ou categorias de estadiamento patológico.

Nenhuma paciente desenvolveu recorrência regional; no entanto, quatro pacientes desenvolveram recorrência à distância, seis pacientes desenvolveram câncer de mama na mama oposta, três pacientes desenvolveram novos tumores primários não mamários e oito pacientes morreram (incluindo uma morte relacionada ao câncer de mama).

“Este estudo fornece informações importantes para os médicos discutirem com pacientes que têm dois ou três focos de câncer de mama em uma mama, pois pode permitir que mais pacientes considerem a terapia conservadora como uma opção”, disse Boughey. “A cirurgia conservadora com radioterapia geralmente é preferida à mastectomia, pois é uma operação menor com recuperação mais rápida, resultando em melhor satisfação do paciente e resultados estéticos”, destacou, acrescentando que os resultados do estudo também sugerem que as pacientes diagnosticadas com duas ou mais lesões malignas na mama e que estão considerando a terapia conservadora da mama podem se beneficiar da ressonância magnética da mama.

Uma limitação do estudo foi seu desenho de braço único. “Embora um desenho de estudo randomizado fornecesse dados mais fortes, sentimos que o acréscimo a tal projeto seria problemático, pois muitos pacientes e cirurgiões não estariam dispostos a randomizar”, observou Boughey.

Factors associated with LR after BCT for MIBC

Characteristic

Estimated rate of

LR at 5 years

{95%CI)

# of patients with local recurrence

HR (95%CI)

p-value

All patients (n=194}

 

6

   

Patient Age (years}

0.98

 ≤60 (n=96)

3.2 (1.1- 9.7)

3

1.00 (ref)

 

 >60 (n=98)

3.2 (1.1-9.7)

3

0.98 (0.20 - 4.85)

 

Bilateral MRI done

0.002

Yes (n=180)

1.7 (0.6 - 5.2)

3

1.00 (ref)

 

No (n=14)

22.6 (7.9 - 55.1)

3

13.36 (2.69 -66.25)

 

Number of biopsy proven sites of breast cancers on workup

NE

2 (n=185)

3.4 (1.5 - 7.4)

6

NE

 

3 (n=9)

0

0

NE

 

HER2 Status

NE

Negative (n=169)

3.7 (1.7 -8.0)

6

NE

 

Positive (n=19)

0

0

NE

 

Pathologic T Category

0.12

TO/Tis/T1 (n=150)

2.1 (0.7 -6.3)

3

1.00 (ref)

 

T2/T3 (n=43)

7.4 (2.4 - 21.2)

3

3.59 (0.72 -17.77)

 

Pathologic N Category

0.11

N0 (n=148)

2.1 (0.7 -6.4)

3

1.00 (ref)

 

N1+ (n=43)

7.6 (2.5 -21.7}

3

3.68 (0.74 -18.21)

 

O estudo foi financiado pelo National Institutes of Health.

Referência: Abstract GS4-01 - Impact of Breast Conservation Therapy on Local Recurrence in Patients with Multiple Ipsilateral Breast Cancer – Results from ACOSOG Z11102 (Alliance) - Presenting Author: Judy C. Boughey, MD – Mayo Clinic

Publicidade
ABBVIE
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
banner_assine_300x75.jpg
Publicidade
300x250 ad onconews200519