01072022Sex
AtualizadoSex, 01 Jul 2022 12pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

ASCO GI 2022

CheckMate 649: novos dados de eficácia e segurança de NIVO mais quimio na oncologia GI

arinilda bragagnoli bxDestacado em sessão oral, o estudo randomizado de Fase 3 CheckMate 649 apresentou na ASCO GI 2022 novos dados de eficácia e segurança da combinação do anti PD-1 nivolumabe (NIVO) com quimioterapia como primeira linha de tratamento em pacientes com câncer gástrico, de junção gastroesofágica ou adenocarcinoma de esôfago (CG/GEJC/EAC) não-HER2-positivos com doença avançada. O estudo tem participação da oncologista brasileira Arinilda Silva Campos Bragagnoli (foto), do Hospital de Câncer de Barretos (Hospital de Amor).

CheckMate 649 é um estudo global, randomizado de Fase 3, que avalia a combinação do anti PD-1 nivolumabe (NIVO) com quimioterapia como primeira linha de tratamento em pacientes com câncer gástrico, de junção gastroesofágica ou adenocarcinoma de esôfago (GC/GEJC/EAC) não-HER2-positivos e com doença avançada. Dados já reportados demonstram ganho de sobrevida global (HR 0,79 [IC 95%) 0,71–0,88]) e sobrevida livre de progressão HR 0,79 [IC 95% 0,70–0,89] em 24 meses (Janjigian YY et al). Agora, os pesquisadores apresentaram análises expandidas de NIVO + quimioterapia vs quimioterapia nessa população, com acompanhamento mínimo de 24 meses.

Foram inscritos pacientes adultos com GC/GEJC/EAC avançado ou metastático não ressecável sem tratamento prévio, independentemente da expressão do ligante PD (L)1. Foram excluídos pacientes com status HER2-positivo conhecido. Os participantes foram randomizados para NIVO (360 mg Q3W ou 240 mg Q2W) + quimioterapia (XELOX Q3W ou FOLFOX Q2W), NIVO 1 mg/kg + IPI 3 mg/kg Q3W (4 doses, depois NIVO 240 mg Q2W) ou quimioterapia. Os endpoints primários foram sobrevida global (SG) e sobrevida livre de progressão (SLP) por revisão central independente cega na população PD-L1 (CPS) ≥ 5. Endpoints secundários incluíram SG em NIVO + quimioterapia vs quimioterapia em toda a população (PD-L1 CPS ≥ 1). 

Resultados

De 2031 pacientes, 1.581 foram randomizados para NIVO + quimioterapia ou quimioterapia. Em toda a população randomizada, 41% dos pacientes NIVO + quimioterapia e 44% daqueles no braço de quimio receberam terapia subsequente.

A mediana de SLP2 (tempo desde a randomização até a progressão após terapia sistêmica subsequente, início da segunda terapia sistêmica subsequente ou morte, o que ocorrer primeiro) foi de 12,2 (IC 95% 11,3-13,5) meses com NIVO + quimioterapia e 10,4 (IC 95% 9,7–11,2) meses com quimioterapia (HR 0,75 [IC 95% 0,67–0,84]). 51% dos que receberam a combinação com imunoterapia e 43% dos tratados com quimio isoladamente tiveram redução > 50% na carga tumoral em relação ao baseline, enquanto 24% e 17% tiveram redução > 80%, respectivamente. A razão de risco (HR; IC 95%) para SG foi de 0,66 (0,56–0,77) entre pacientes com PD-L1 CPS ≥ 10 (SG mediana para NIVO + quimioterapia vs quimioterapia: 15,0 [IC 95% 13,7–16,7] vs 10,9 [IC 95% 9,8–11,9] meses). O benefício de SG foi observado com NIVO + quimioterapia vs quimioterapia em vários subgrupos adicionais.

Em relação ao perfil de segurança, a maioria dos eventos adversos relacionados ao tratamento com potencial etiologia imunológica foram de grau 1 ou 2, enquanto eventos de grau 3 ou 4 foram relatados em ≤ 5% dos pacientes em ambos os braços de tratamento. Não foram identificados novos sinais de segurança.

Em conclusão, NIVO + quimioterapia continuaram a demonstrar eficácia clinicamente significativa e um perfil de segurança aceitável com acompanhamento mais longo, apoiando ainda mais o uso de NIVO + quimioterapia como terapia padrão de 1L em pacientes com câncer gástrico, de junção gastroesofágica ou adenocarcinoma de esôfago sem tratamento prévio”, concluem os autores.

“Pudemos confirmar o benefício em sobrevida global com seguimento de 24 meses para o grupo nivo+ quimio. Além disso, foi evidenciado um ganho de sobrevida livre de progressão no tratamento subsequente para este grupo de pacientes”, acrescenta Arinilda.

Informações adicionais sobre este ensaio clínico: NCT02872116.

Referência: Nivolumab (NIVO) plus chemotherapy (chemo) versus chemo as first-line (1L) treatment for advanced gastric cancer/gastroesophageal junction cancer/esophageal adenocarcinoma (GC/GEJC/EAC): Expanded efficacy, safety, and subgroup analyses from CheckMate 649.
First Author: Kohei Shitara, MD
Meeting: 2022 ASCO Gastrointestinal Cancers Symposium
Session Type: Oral Abstract Session
Session Title: Oral Abstract Session A: Cancers of the Esophagus and Stomach
Track: Esophageal and Gastric Cancer
Subtrack: Therapeutics
Abstract #: 240
Clinical Trial Registry Number: NCT02872116
DOI:10.1200/JCO.2022.40.4_suppl.240

Publicidade
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
FARMAUSA
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519