29022024Qui
AtualizadoQua, 28 Fev 2024 5pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

Dose de RT no câncer de próstata de alto risco

Hanriot Net OKEmbora a organização do ASCO GU 2024 tenha destacado o estudo GETUG-AFU 18, o debate sobre o escalonamento da dose de radioterapia no câncer de próstata de alto risco merece análise mais detida. “Enquanto regimes como o do GETUG-AFU 18 continuam em utilização especialmente nos EUA, boa parte do mundo já adotou em suas rotinas os regimes de hipofracionamento moderado em 20 frações ou o de ultra-hipofracionamento em 07 frações”, explica Rodrigo Hanriot (foto), Coordenador do Serviço de Radioterapia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que comenta os resultados.


BRCAAway: abiraterona + olaparibe upfront no mCRPC com mutações de reparo de recombinação homóloga

maha hussainO estudo randomizado de fase 2 BRCAAway realizado em pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração com mutação BRCA1/2 ou ATM demonstrou eficácia superior do uso combinado de abiraterona e olaparibe upfront em comparação com qualquer agente isolado ou em sequência. Os resultados foram apresentados no ASCO GU 2024 pela oncologista Maha Hussain (foto), médica da Northwestern University e primeira autora do trabalho.

Paisagem genômica, transcriptômica e imunológica do câncer de próstata com base no local da metástase

umang swami 2Estudo selecionado como Rapid Oral Abstract no ASCO GU 2024 utilizou um grande conjunto de dados multi-institucional e de mundo real para explorar as diferenças no panorama molecular e imunológico do câncer de próstata de acordo com o local da metástase, analisando como essas diferenças podem contribuir para diferentes resultados clínicos. Os resultados foram apresentados pelo oncologista Umang Swami (foto), da Universidade de Utah.

Diferenças de incidência e mortalidade do câncer de próstata em países de alta e baixa renda

chinmay jani 1Nos últimos 30 anos, a incidência do câncer de próstata tem aumentado globalmente, e apesar da diminuição da razão mortalidade-incidência, estudo apresentado no ASCO GU 2024 demonstrou tendências contrastantes entre os países de acordo com a renda. Países de alta renda registaram a maior incidência da doença, mas também a maior diminuição nas taxas de mortalidade, enquanto países de baixa e média renda enfrentam desafios opostos, com um aumento menor na incidência, mas taxas de mortalidade mais elevadas. Os resultados foram apresentados por Chinmay Jani (foto), oncologista do Miami Sylvester Comprehensive Cancer Center.

SEPTA: validação do exame Stockholm3 em uma coorte multiétnica para detecção de câncer de próstata

hari vigneswaranEm uma população etnicamente diversa, o exame de sangue multiparamétrico Stockholm3 poderia reduzir significativamente as biópsias desnecessárias da próstata e diagnosticar o câncer de próstata clinicamente significativo com uma sensibilidade semelhante ao PSA. Os resultados do estudo SEPTA foram apresentados pelo urologista Hari Vigneswaran (foto), do Karolinska Institutet, na sessão Rapid Oral Abstract do ASCO GU 2024.

UNITE: enfortumabe vedotina após manutenção com avelumabe no carcinoma urotelial avançado

amanda nizam 2Análise retrospectiva demonstrou que pacientes com carcinoma urotelial avançado que receberam o conjugado anticorpo-medicamento enfortumabe vedotina (EV) após manutenção com avelumabe tiveram resultados semelhantes aos dados que levaram à sua indicação aprovada pela U.S. Food and Drug Administration (FDA). Os resultados foram apresentados na sessão Rapid Oral Abstract pela oncologista Amanda Nizam (foto), da Cleveland Clinic.

CheckMate 67T: nivolumabe subcutâneo versus intravenoso no câncer renal avançado ou metastático

mota gu2023Selecionado para apresentação oral no ASCO GU 2024, o estudo CheckMate 67T demonstrou a não inferioridade farmacocinética e de taxa de resposta objetiva de nivolumabe subcutâneo versus intravenoso em pacientes com carcinoma renal de células claras localmente avançado ou metastático. O oncologista José Mauricio Mota (foto), chefe do grupo de tumores geniturinários do ICESP/FMUSP e Oncologia D’Or, é coautor do trabalho.

Combinação de novos agentes hormonais, níveis de testosterona e leuprorrelina no câncer de próstata

paulo lagesEstudo retrospectivo de mundo real selecionado para apresentação em pôster no ASCO GU 2024 analisou dados sobre testes de testosterona obtidos de uma instituição brasileira para avaliar a eficácia clínica da leuprorrelina, tanto em monoterapia quanto em combinações, no manejo do câncer de próstata. O oncologista Paulo Sérgio Lages (foto), da Oncoclínicas Brasília, é o primeiro autor do trabalho.

Ciclofosfamida oral no câncer de próstata metastático resistente à castração

yumi shinkado ascogu24Yumi Ricucci Shinkado (foto), residente de oncologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), é primeira autora de estudo selecionado para apresentação em pôster no ASCO GU 2024 que traz resultados de um coorte retrospectiva de pacientes com câncer de próstata resistente à castração metastático tratados com ciclofosfamida oral na instituição. José Mauricio Mota, chefe do grupo de tumores geniturinários do ICESP/FMUSP e Oncologia D’Or, é o autor sênior do trabalho.

PROpel: olaparibe + abiraterona no mCRPC com mutações de reparo de recombinação homóloga

jdaniel kvianna 24Os oncologistas brasileiros João Guedes e Karina Vianna são coautores do ensaio clínico randomizado de Fase 3 PROpel, que demonstrou a eficácia de olaparibe (O) + abiraterona (A) no tratamento de primeira linha de pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração. Agora, no ASCO GU 2024, foram relatados a eficácia por gene de O + A em pacientes com mutações de reparo de recombinação homóloga (HRRm).

Questionário de qualidade de vida relacionada à saúde centrada no paciente com CCRm

cristiane bergerot oficial bxSelecionado como Rapid Oral Abstract no ASCO GU 2024, estudo propôs desenvolver um questionário de qualidade de vida relacionada à saúde para pacientes com câncer de células renais metastático (CCRm). O estudo foi conduzido em três fases, incluindo a participação de pacientes, a expertise de especialistas e o engajamento de um grupo de patient advocates. A psico-oncologista Cristiane Decat Bergerot (foto), do Grupo Oncoclínicas (Brasília), é primeira autora do trabalho.


Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ABBVIE
Publicidade
LIBBS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
INTEGRAL HOME CARE
Publicidade
300x250 ad onconews200519