19052022Qui
AtualizadoQua, 18 Maio 2022 11pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

SAN ANTONIO 2021

DESTINY-Breast11: nova pesquisa com trastuzumabe deruxtecana no câncer de mama

cáncer de mama 2021 bxNo estudo de Fase 2 DESTINY-Breast01, a monoterapia com trastuzumabe deruxtecana (T-DXd) demonstrou eficácia, com taxa de resposta objetiva de 61,4% (resposta completa, 6,5%), tempo médio para resposta de 1,6 meses e sobrevida livre de progressão mediana de 19,4 meses em pacientes com câncer de mama HER2-positivo não ressecável / metastático. Agora, ensaio de Fase 3 (DESTINY-Breast11) avalia a eficácia, segurança e tolerabilidade da monoterapia T-DXd ou T-DXd seguido por paclitaxel + trastuzumabe + pertuzumabe (THP) versus doxorrubicina em dose densa + ciclofosfamida seguido por THP (ddAC-THP) em pacientes com câncer de mama inicial HER2-positivo de alto risco.

Neste ensaio multicêntrico global de Fase 3 (DESTINY-Breast 11), o objetivo é determinar a eficácia e segurança da monoterapia com T-DXd ou TDXd seguido por THP como tratamento neoadjuvante vs ddAC-THP em pacientes com alto risco (estágio T ≥3 e / ou nódulo positivo).

Aproximadamente 624 pacientes serão incluídos e randomizados 1: 1: 1 em 3 braços (braço A: monoterapia com T-DXd a cada 3 semanas [q3w] por oito ciclos de 3 semanas; braço B: T-DXd [q3w por quatro ciclos de 3 semanas] seguido por THP [paclitaxel todas as semanas + trastuzumabe + pertuzumab q3w por quatro ciclos de 3 semanas]; braço C: ddAC-THP [ddAC a cada 2 semanas por quatro ciclos de 2 semanas seguido por THP por quatro ciclos de 3 semanas]). Os pacientes serão estratificados pelo status do receptor hormonal (positivo vs negativo) e pontuação imunohistoquímica de HER2 por revisão central (IHC; IHC 3+ vs outro).

De acordo com o protocolo da pesquisa, os pacientes devem se submeter à cirurgia mamária ou cirurgia axilar 3 a 6 semanas após a administração do último ciclo do tratamento designado. Após a cirurgia, os pacientes receberão tratamento de acordo com os padrões clínicos locais. Para pacientes que alcançarem resposta patológica completa (pCR), terapia adjuvante dirigida a HER2 é recomendada por até 1 ano. Para pacientes que não atingirem pCR, é recomendada a terapia com até 14 ciclos de trastuzumabe emtansina. A radioterapia e a terapia endócrina devem ser administradas de acordo com os padrões clínicos locais.

Após a última dose do tratamento do estudo, os pacientes serão avaliados quanto à sobrevida e recorrência a cada 3 meses nos primeiros 3 anos e a cada 6 meses nos anos 4 e 5. O endpoint primário é pCR, definida como ausência de câncer invasivo na mama e linfonodos regionais por revisão central. Os endpoints secundários incluem pCR (ypT0 ypN0) (definido como ausência de câncer invasivo e in situ na mama e nódulos linfáticos regionais) por revisão central, bem como sobrevida livre de eventos em 3 anos, sobrevida livre de doença invasiva em 3 anos, sobrevida global, tolerabilidade relatada pelo paciente, funcionamento físico, Imunogenicidade, farmacocinética e segurança.

Análises exploratórias incluem sobrevida livre de metástases à distância em 3 anos, taxa de resposta objetiva, taxa de cirurgia conservadora da mama, biomarcadores, resultados relatados pelo paciente e recursos utilizados pelo sistema de Saúde.

Referência: Publication Number: OT1-12-04 - A phase 3, open-label trial of neoadjuvant trastuzumab deruxtecan (T-DXd) monotherapy or T-DXd followed by THP compared with ddAC-THP in patients with high-risk HER2-positive early-stage breast cancer (DESTINY-Breast11) - Nadia Harbeck et al

 
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519