27092021Seg
AtualizadoSex, 24 Set 2021 3pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

2021

Estimativas de longo prazo de incidência e mortalidade por câncer na Europa

mapa europa bxEstudo selecionado para o programa científico do ESMO 2021 traz estimativas da carga de câncer nos países da União Europeia (EU) e da European Free Trade Association (EFTA) até o ano de 2040 em diferentes estruturas populacionais, assumindo que a incidência de câncer estimada para 2020 e as taxas brutas de mortalidade permanecem as mesmas.

As projeções de longo prazo da carga do câncer são uma contribuição importante para o planejamento de políticas de saúde. Os principais fatores de risco de câncer - como genética, estilo de vida e exposição ambiental a carcinógenos, em combinação com as estruturas populacionais associadas - impactam no número observado de incidência de câncer e casos de mortalidade.

As últimas estimativas sobre a carga de câncer nos países da UE e da EFTA para o ano de 2020 previram 2,8 milhões de novos casos de câncer e 1,3 milhão de mortes por câncer.

Nesse estudo, os pesquisadores utilizaram as taxas brutas de incidência e mortalidade de câncer estimadas para 2020 e as populações projetadas para os anos 2025, 2030, 2035 e 2040, conforme divulgado pelo Eurostat. A incidência e mortalidade de câncer foram projetadas por idade, sexo, país e local do câncer. As projeções alternativas foram calculadas utilizando diferentes estruturas populacionais, também divulgadas pelo Eurostat, modeladas nos seguintes cenários demográficos: 20% menor taxa de fecundidade, menor taxa de mortalidade, 33% menor taxa de migração, não migração e 33% maior taxa de migração em comparação com o baseline de 2020.

Resultados

As estimativas sugerem que o número de novos casos de câncer nos países da UE e da EFTA deve aumentar para 3,4 milhões até 2040, com um incremento de 21,4%, maior no cenário com menor mortalidade (23,3%) e menor no cenário sem migração (19,7%).

“Grande variabilidade é estimada entre os diferentes sítios de câncer, variando de uma redução de 5,2% para o câncer testicular até um aumento de 35,2% para o mesotelioma em homens. A variabilidade é maior para os cenários de não migração e mortalidade mais baixa. Estima-se que o número de mortes por câncer nos países da UE e da EFTA aumente para 1,7 milhão até 2040, com um incremento de 32,2%, aumentando até 35,4% para o cenário de mortalidade mais baixa”, destacam os autores.

Referência: 1501O - Long-term estimates of cancer incidence and mortality for the EU and EFTA countries according to different demographic scenarios - T.A. Dyba, G. Randi, C. Martos, F. Giusti, R. Calvalho, L. Neamtiu, N. Nicholson, M. Flego, N. Dimitrova, M. Bettio, Health In Society Unit, European Commission – Joint Research Centre, Ispra/ITALY
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519