31102020Sáb
AtualizadoSex, 30 Out 2020 2pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ESMO 2020

ICON 8: quimioterapia semanal em dose densa não melhora sobrevida no câncer epitelial de ovário

gineco bxA análise final do estudo ICON8 apresentada no ESMO 2020 confirma que a quimioterapia semanal em dose densa não melhora significativamente a sobrevida global e a sobrevida livre de progressão como tratamento de primeira linha no câncer epitelial de ovário.

ICON8 investigou a segurança e eficácia da quimioterapia semanal (q1w) em dose densa em pacientes com câncer epitelial de ovário (CEO), em comparação com a quimioterapia padrão em intervalos de três semanas (q3w). Endpoints co-primários avaliaram sobrevida livre de progressão (SLP) e sobrevida global (SG).

Foram elegíveis pacientes com CEO estágio FIGO IcG3-IV,  randomizadas 1: 1: 1 para quimioterapia padrão no braço 1 (q3w carboplatina AUC5 / 6 + q3w paclitaxel 175 mg/m2); no braço 2 para paclitaxel semanal (q3w carboplatina AUC5 / 6 + q1w paclitaxel 80 mg / m2); no braço 3 carboplatina-paclitaxel semanal (q1w carboplatina AUC2 + q1w paclitaxel 80 mg / m2). Os pacientes receberam cirurgia primária imediata (CPI) antes da inscrição no estudo ou quimioterapia neoadjuvante com cirurgia primária planejada (CPP) durante a quimioterapia. As análises foram realizadas com base na intenção de tratar, comparando os braços 2v1 e 3v1.

Resultados

Os autores descrevem que de junho de 2011 a novembro de 2014, foram inscritos 1.566 pacientes, sendo 522, 523 e 521 nos braços 1, 2 e 3, respectivamente. As características da linha de base foram bem equilibradas, com idade mediana de 62 anos, 72% com histologia serosa; 19% com doença estágio Ic-II, 10% estágio IIIa-IIIb e 72% estágio IIIc-IV. 48% dos pacientes haviam recebido cirurgia primária imediata, 50% cirurgia planejada e 2% não eram aptas à cirurgia. Em 1º de outubro de 2019, 923 mortes foram relatadas, sendo 318 (61%) no braço 1; 300 (57%) no braço 2  e 304 (58%) no braço 3.

Nenhuma melhora significativa na SG foi observada em qualquer comparação: braço 2v1 log rank p = 0,14, (HR) = 0,88 (intervalo de confiança de 97,5% (CI) 0,74, 1,06); braço 3v1 log rank p = 0,27, HR = 0,91 (97,5% CI 0,76, 1,09). A SG mediana foi de 47,4, 54,1 e 53,4 meses nos braços 1, 2, 3, respectivamente. Nenhuma heterogeneidade no efeito do tratamento foi observada na análise de subgrupos de acordo com a abordagem cirúrgica (CPI vs CPP). Como na análise primária, nenhuma diferença significativa na SLP foi observada com o tratamento semanal (log-rank braço 2v1 p = 0,37, braço 3v1 p = 0,48; SLP mediana de 25, 25,5, 25,9 meses nos braços 1, 2, 3 respectivamente.

“A análise final do estudo ICON8 confirma que, embora a quimioterapia semanal em dose densa seja uma alternativa segura à quimioterapia q3w e possa ser administrada com sucesso no tratamento de primeira linha do câncer epitelial de ovário, ela não melhora significativamente a SG ou SLP”, concluem os autores.

Este estudo está na ClinicalTrials: NCT01654146; Número de registro ISRCTN 10356387. 

Referência: ICON8: Overall survival results in a GCIG phase III randomised controlled trial of weekly dose-dense chemotherapy in first line epithelial ovarian, fallopian tube or primary peritoneal carcinoma treatment. ESMO Virtual Congress 2020, Abstract 805O

 
Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519