27092020Dom
AtualizadoSex, 25 Set 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ESMO 2020

ESMO: crescimento da carga de trabalho em oncologia

medico trabalhoO aumento da prevalência de pacientes com câncer tem levado a uma demanda crescente em atividades oncológicas, o que exige uma reformulação da prática de cuidados. Estudo de mundo real selecionado para apresentação em pôster no ESMO Virtual Congress 2020 (1613P) estimou a carga de trabalho gerada por cada novo paciente encaminhado ao Departamento de Oncologia do Academic Cancer Center of Udine, Itália, no período de dois anos após a primeira consulta.

Por meio do sistema eletrônico de prestação de contas “Data Warehouse”, os autores avaliaram dados sobre a carga de trabalho em oncologia em um período de dois gerada por cada novo diagnóstico ocorrido entre janeiro de 2012 e dezembro de 2017. Pacientes sem segundo episódio clínico em 12 meses foram excluídos.

O valor médio por paciente e os desvios-padrão foram calculados para as seguintes atividades clínicas: sessões de tratamento, apresentações não planejadas, hospitalizações, reavaliações, visitas de acompanhamento e aconselhamento oncológico para pacientes internados. O acompanhamento foi coletado até dezembro de 2019.

Resultados

No período estabelecido, foram observados 8.748 novos pacientes diagnosticados, gerando um total de 98.890 atividades clínicas. O número médio de atividades e o desvio padrão por paciente são mostrados na tabela 1. Análises de subgrupos por intenção inicial de tratamento também serão apresentadas.

Total pts 8748 (Total
activities
98 890)
Total
Follow up (24.0%) 2099 pts
Adjuvant (41.5%) 3629 pts
Advanced (34.5%) 3020 pts
Treatment session
5.99 (8.75)
0.07 (0.75)
6.06 (7.84)
10.01 (10.34)
Follow up visits
1.93 (1.86)
1.94 (2.03)
2.52 (1.65)
1.21 (1.71)
Re-assessments
1.60 (2.27)
0.70 (1.38)
1.18 (1.98)
2.71 (2.63)
Unplanned presentations
1.01 (2.15)
0.17 (0.60)
0.73 (1.70)
1.95 (2.86)
Hospitalizations
0.42 (1.20)
0.10 (0.39)
0.26 (1.05)
0.83 (1.57)
Inpatient Oncology advice
0.36 (0.83)
0.31 (0.70)
0.16 (0.57)
0.65 (1.07)
Tab.1 Número médio de consultas geradas por qualquer novo paciente nos 2 anos seguintes (total, acompanhamento, cenários adjuvante e avançado). O desvio padrão é mostrado entre parênteses.


“A carga de atividades oncológicas está aumentando. Tentar estimar a quantidade de atividades clínicas geradas por qualquer novo diagnóstico representa um conhecimento fundamental para a implementação de novos modelos sustentáveis ​​de gestão em oncologia”, concluíram os autores.

Referência: 1613P – An estimate of the 2-year oncology workload generated by each new patient: a real world study - S.K. Garattini et al
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519