03062020Qua
AtualizadoSeg, 01 Jun 2020 5pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ENETS 2020

Qualidade de vida e heterogeneidade tumoral em tumores neuroendócrinos gastroenteropancreáticos

sistema gi 2020 bxEstudo apresentado no ENETS 2020 buscou descrever a qualidade de vida no baseline e as características tumorais de pacientes do CLARINET FORTE (NCT02651987), estudo de Fase II que avalia a eficácia e a segurança do lanreotide Autogel® (LAN) 120 mg administrado a cada 14 dias em indivíduos com tumores neuroendócrinos pancreáticos ou intestinais graus 1 ou 2, irressecáveis, metastáticos ou localmente avançados, após a progressão da dose padrão de LAN 120 mg a cada 28 dias.

Foram avaliados pacientes com tumores neuroendócrinos de pâncreas e do intestino médio, com ECOG ≤2 (0: normal; 1: atividade restrita; 2: ≤50% do tempo no leito) e um NET G1/G2 bem diferenciado, metastático ou localmente avançado, com um índice de proliferação ≤20% e progressão radiológica avaliada centralmente em um regime LAN padrão nos últimos 2 anos. Todos os pacientes receberam LAN 120 mg a 14 dias.

Resultados 

Na coorte panNET (n = 48; idade média: 63,3 anos; 41,7% do sexo masculino), 77,1% tinham tumor G2, 41,7% eram SSTR2+ heterogêneos (via imagem do receptor da somatostatina); média (SD) dos níveis plasmáticos de cromogranina A (CgA) e ácido 5-hidroxiindolacético (5-HIAA) foram 1,08 (1,67) × limite superior do normal (ULN) e 0,73 (1,17) × ULN, respectivamente. Os escores de ECOG PS dos pacientes foram 0 (81,3%) ou 1 (18,8%).

Na coorte NET do intestino médio (n = 51; idade média: 67,1 anos; 56,9% do sexo masculino), 45,1% tinham tumor G2, 47,1% eram SSTR2+ heterogêneos; CgA média (DP) e os níveis plasmáticos de 5-HIAA foram 3,42 (3,05) × ULN e 10,62 (17,10) × ULN,

respectivamente. A maioria dos escores de ECOG PS foram normais (0: 76,5%; 1: 21,6%; 2: 2,0%).

“Esses dados são típicos de pacientes que necessitam de escalonamento do tratamento devido a tumores neuroendócrinos progressivos de pâncreas ou de intestino médio, e destacam diferenças da localização primária do tumor neuroendócrino”, concluíram os autores.

Referência: Quality of Life, Tumour Heterogeneity and Biomarker Levels in Patients with Progressive Pancreatic or Midgut Neuroendocrine Tumours: Baseline Data from CLARINET FORTE - Ruszniewski P et al

 

Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519