25112020Qua
AtualizadoTer, 24 Nov 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ASCO 2020

Quimioterapia e risco de morte em pacientes com COVID-19

Pulm o DEZ NET OKDados sobre os resultados de pacientes com câncer diagnosticados com COVID-19 estão entre os destaques do programa científico do ASCO 2020, este ano em edição virtual. Análises a partir do consórcio TERAVOLT mostraram que entre pacientes com câncer de pulmão que desenvolveram COVID-19, o uso prévio de quimioterapia - isoladamente ou em combinação - foi associado ao aumento de 64% no risco de morte. Nesta análise, o tratamento com anticoagulantes e corticosteroides (> 10 mg) antes da infecção por COVID-19 também esteve associado ao aumento do risco de morte (LBA111).

Os resultados foram apresentados por Leora Horn, do Vanderbilt Ingram Cancer Center, a partir de dados de pacientes inscritos no TERAVOLT, um consórcio global constituído para coletar informações de pacientes com neoplasias torácicas Infectados por COVID-19, com o propósito de entender o impacto nessa população. A análise reflete dados de 400 pacientes, majoritariamente homens, fumantes e ex-fumantes, sendo DPOC e hipertensão pulmonar (HTN) as comorbidades mais comuns.

As primeiras informações sobre pacientes com câncer infectados pela COVID-19 sugeriram alta mortalidade em comparação com a população em geral. Pacientes com neoplasias torácicas são considerados de alto risco devido à idade, comorbidades pré-existentes, história de tabagismo e doenças pulmonares.  Nesta análise, dos 144 pacientes que morreram, 79,4% (112) morreram devido a COVID-19 e 10,6% (15) devido ao câncer. O uso prévio de corticosteroides foi associado a um risco de morte 1,5 vezes maior em pacientes com câncer torácico (VEJA QUADRO). “Esses achados sobre o tratamento com anticoagulantes merecem atenção, considerando que publicações anteriores levaram alguns médicos a recomendar, inclusive, profilaxia com anticoagulantes em todos os pacientes com COVID-19”, observou Leora. No entanto, diante da pequena amostra de pacientes para análise multivariada, mais dados serão necessários para entender como a COVID-19 afeta a coagulação em pacientes com câncer torácico.

O tratamento para COVID-19

O tipo de tratamento administrado para a COVID-19 não parece afetar o risco de morte. Entre os pacientes que necessitaram de hospitalização, a terapia mais comumente administrada foi baseada em antibióticos (67%), antivirais (33%) e esteroides (30%). “A proporção de pacientes que se recuperaram e morreram foi igual entre os que receberam anticoagulantes, antibióticos, antivirais, antifúngicos, corticosteroides, drogas direcionadas à IL-6 e hidroxicloroquina”, comparou Leora na apresentação no ASCO 2020. Como exemplo, a especialista mostrou que 27% dos pacientes que se recuperaram receberam antibióticos versus 27% dos que morreram; para anticoagulantes a relação foi de 24% vs 23%; para esteroides foi de 10% versus 16% e para a hidroxicloroquina foi de 23% vs 19%.

A COVID-19 e o tratamento do câncer

“Com uma pandemia global da COVID-19 em curso, nossos dados sugerem que pacientes com neoplasias torácicas apresentam alto risco de hospitalização. Que esquemas e linhas de terapia podem afetar a hospitalização e o risco de morte? Que terapias podem afetar a sobrevida de pacientes tratados com COVID-19?”

Da amostra analisada a maior parte dos pacientes tinha câncer de pulmão de células não pequenas, mas a base do consórcio TERAVOLT também compreende câncer de pulmão de pequenas células, casos de mesotelioma e carcinoma tímico.

Quando analisado o tratamento para câncer recebido nos últimos 3 meses, a maior parte dos pacientes que morreram haviam sido tratados com quimioterapia (45%) (VEJA GRÁFICO).

“Em pacientes com câncer de pulmão e outros tumores torácicos que desenvolveram COVID-19, os fatores do baseline associados à mortalidade foram idade, performance status e presença de comorbidades”, concluiu a análise. Em síntese, os dados apresentados nesta análise inicial indicam que pacientes tratados com esteroides e anticoagulantes antes do diagnóstico de COVID-19 têm risco de morte ampliado; a administração prévia de quimioterapia foi associada ao aumento do risco de morte. O tratamento específico para a COVID-19 não foi significativamente associado com os resultados clínicos. 

A coleta de dados está em andamento e análises adicionais são planejadas para avaliar a COVID-19 em pacientes de câncer.

 

N = 400

Percentage

Mortality

141

35.5%

Death due to COVID

112

79.4%

Death due to cancer

15

10.6%

Death due to cancer and COVID

12

8.5%

Unknown

2

1.4%

Hospital admission

334

78.3%

ICU admission

33

8,3%

Mechanical Ventilation

20

5%

Median length of hospitalization

10 days

 



Risk Factors Associated
with Mortality

  • Age ≥ 65 years
  • Presence of comorbidity
  • ECOG performance status
  • Steroids > 10 mg
  • Anticoagulation
  • Chemotherapy

































__________________________________________

Number of lines of therapy (%)

 

Recovered

N=169

Died

N=141

Ongoing

N=118

0

22.5

24.8

17.8

1

50.9

48.2

52.5

≥2

26.6

27.0

29.7


LBA 110 ASCO 2020

Referências: LBA 111 -Thoracic Cancers International COVID-19 Collaboration (TERAVOLT): Impact of type of cancer therapy and COVID therapy on survival.

1. Kaiser UB, Mirmira RG, Stewart PM. Our Response to COVID-19 as Endocrinologists and Diabetologists. J Clin Endocrinol Metab. 2020;105(5):dgaa148.

2. Fei Zhou F, Yu T, Du R, et al. Clinical course and risk factors for mortality of adult inpatients with COVID-19 in Wuhan, China: a retrospective cohort study. Lancet. 2020; 95:1054–62.

3. U.S. Centers for Disease Control and Prevention. Interim Clinical Guidance for Management of Patients with Confirmed Coronavirus Disease (COVID-19). Updated May 15, 2020. https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/hcp/clinical-guidance-manageme...
Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519