20092020Dom
AtualizadoDom, 20 Set 2020 2am

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

AACR 2020

Biopsia líquida e diagnóstico precoce

Biopsia Liquida NET OKEnsaio de Fase III destacado no programa científico da AACR 2020 trouxe novos dados sobre a chamada biópsia líquida, em apresentação  que reportou achados inéditos do Atlas do Genoma (Circulating Cell-free Genome Atlas - CCGA) sobre a capacidade de prever o câncer e o tecido de origem em indivíduos com suspeita clínica da doença, mas sem diagnóstico histológico.

 

Nesta análise de subgrupos do CCGA, os pesquisadores consideraram o cfDNA de amostras de sangue coletadas antes do diagnóstico clínico, divididas para constituir o grupo de teste e o grupo de validação independente.

Resultados

Os participantes avaliados quanto à suspeita de câncer foram classificados como câncer confirmado (> 20 tipos de câncer; n = 164 no grupo de teste, n = 75 no grupo de validação) ou não-câncer confirmado (n = 49 em teste, n = 15 em validação).

No grupo sem câncer, tanto as amostras de teste quanto as de validação previram corretamente as análises como não cancerígenas, com 100% de especificidade.

No grupo de câncer confirmado, a biópsia líquida foi capaz de detectar câncer em 40,2% das amostras de teste e em 46,7% do grupo de validação, em todos os estágios da doença. No câncer renal estágio I (que representou 20% dos participantes desse grupo), a detecção por cfDNA foi de 50,4% e 59,3%, respectivamente. Nos estágios II e acima, a detecção foi de 70,7% (58/82; IC95%, 59,6-80,3%) e 78,9% (30/38; IC95%, 62,7-90,4%), respectivamente.

Nos casos de câncer diagnosticados por biópsia líquida, a análise do cfDNA também contribuiu para identificar o tecido de origem em 93,9% (62/66) das amostras no grupo de teste e em 100% (35/35) das amostras de validação. Entre aqueles com tecido de origem detectado, a acurácia foi de 85,5%.

Diante dos achados, a conclusão dos autores indica que o teste com cfDNA mostrou potencial de prever câncer e tecido de origem em indivíduos com suspeita da doença, antes do diagnóstico histológico. “Isso foi alcançado com alta especificidade e precisão”, destacou David D. Thiel, da Mayo Clinic,  que apresentou os resultados na AACR 2020.

Referência: Thiel DD, Chen X, Kurtzman KN, et al. Prediction of cancer and tissue of origin in individuals with suspicion of cancer using a cell-free dna multi-cancer early detection test. Presented at: 2020 AACR Virtual Annual Meeting I; April 27-28, 2020. Abstract CT021.

Session Type: Virtual Clinical Plenary Session
Session Number: VCTPL02
Session Title: Early Detection and ctDNA
Presentation Number: CT021 Topic 1: CT03-01
Phase III adult clinical trials Publishing Title: Prediction of cancer and tissue of origin in individuals with suspicion of cancer using a cell-free DNA multicancer early detection test

Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519