04122020Sex
AtualizadoSex, 04 Dez 2020 6pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

AACR 2019

Combinação de imunoterapias no carcinoma neuroendócrino de alto grau

patel sandip bxA combinação do anti-CTLA-4 ipilimumabe (Yervoy) e do anti-PD-1 nivolumabe (Opdivo) demonstrou benefício clínico em pacientes com carcinoma neuroendócrino de alto grau. Os resultados do estudo de fase II DART foram apresentados por Sandip Patel (foto), professor associado de medicina na University of California San Diego School of Medicine, durante o congresso AACR 2019.

 

“Nosso estudo destaca a viabilidade de realizar ensaios clínicos em pacientes com tumores raros, e esperamos que ele ajude a dissipar a crença de que ensaios clínicos não são viáveis para essa população de pacientes. Juntos, os tumores raros representam quase ¼ de todos os cânceres”, destacou Patel.

O estudo DART avaliou a eficácia da combinação de ipilimumabe (1mg/kg a cada seis semanas) e nivolumabe (240mg a cada duas semanas) em pacientes com vários tipos de tumor raros. Na AACR foram apresentados os resultados da coorte neuroendócrina, que reúne achados de 33 pacientes. Pacientes com câncer neuroendócrino pancreático atualmente sendo estudados em uma coorte separada do estudo DART.

O endpoint primário foi a taxa de resposta global (ORR); endpoints secundários incluíram sobrevida livre de progressão (SLP), sobrevida global (SG), doença estável (SD)> 6 meses e toxicidade. Trinta e três pacientes elegíveis receberam terapia; 58% (N = 19) tinham doença de alto grau. Os sítios tumorais mais comuns foram gastrointestinal (não pancreáticos; 45%; N = 15) e pulmão (18%; N = 6). (15 pacientes) e pulmão (seis pacientes); 58% (19 pacientes) tinham doença de alto grau. Os pacientes receberam uma mediana de duas linhas de terapia prévias.

Resultados

Nesta coorte neuroendócrina, a ORR foi de 24%, incluindo uma resposta completa e sete respostas parciais (CR, 3%; PR, 21%). Pacientes com câncer neuroendócrino de alto grau tiveram uma taxa de resposta de 42% (8 de 19 pacientes) vs. 0% em tumores de grau baixo / intermediário (0/14 pacientes; p = 0,01). "Só observamos respostas completas e parciais entre os pacientes com carcinoma de alto grau. Uma hipótese preliminar para esse achado é que os carcinomas neuroendócrinos de alto grau podem ter uma maior carga mutacional no tumor, que é um indicador de melhor resposta à imunoterapia", disse Patel. "Estamos planejando verificar esses resultados, especificamente em pacientes com carcinoma neuroendócrino de alto grau, ainda este ano, como uma coorte separada no estudo DART", acrescentou.

A sobrevida livre de progressão em seis meses foi de 30% e a mediana de sobrevida global foi de 11 meses. As toxicidades mais comuns incluíram fadiga (30% dos pacientes) e náusea (27% dos pacientes). A elevação da alanina aminotransferase (ALT; 9%) foi o irAE de grau 3-4 mais comum; não foram observadas irAEs de grau 5.

"Dado que as opções atuais de tratamento para pacientes com carcinoma neuroendócrino de alto grau são geralmente limitadas a regimes quimioterápicos agressivos, este é um achado interessante para essa população de pacientes", disse Patel. “Uma vantagem do estudo foi que os pacientes poderiam ser tratados em centros locais, o que era conveniente para os participantes e facilitava o recrutamento. No entanto, devido a este projeto, não houve revisão patológica central, o que representa uma limitação fundamental do trabalho”, acrescentou.

A SWOG Cancer Research Network, parte da National Cancer Institute’s National Clinical Trials Networ, criou o DART e está administrando o estudo. O estudo DART é financiado pelo National Institutes of Health por meio de prêmios concedidos pelo National Cancer Institute e, em parte, pela Bristol-Myers Squibb.

Referência: A Phase II basket trial of dual anti-CTLA-4 and anti-PD-1 blockade in rare tumors (DART) S1609: The neuroendocrine cohort - Sandip Pravin Patel

Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519