28112020Sáb
AtualizadoSex, 27 Nov 2020 1pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

ASCO GI 2015

REACH: Ramucirumabe em segunda linha no carcinoma hepatocelular avançado

Carcinoma_Hepatocelular_NET_OK.jpgREACH é um estudo global, multicêntrico, randomizado, duplo-cego, de fase III, que avaliou a eficácia e segurança do ramucirumabe como agente único para o tratamento de pacientes com CHA avançado após a terapia anterior com sorafenibe. Os resultados iniciais do REACH foram apresentados na ESMO 2014.

A sobrevida global (SG) HR para a população ITT (ramucirumabe 283; placebo 282) foi 0,866 (95% CI 0,717, 1,046; p=0,1391); a mediana de sobrevida global foi de 9,2 meses para ramucirumabe vs 7,6 meses para placebo. A análise de subgrupo pré-especificado de α-fetoproteína (AFP) baseline (cutoff de 400 ng/mL) sugeriu que o AFP é um marcador preditivo para benefício de sobrevida com RAM. Análises adicionais foram realizadas por meio de modelos de regressão de Cox estratificado/desestratificado e teste de log rank correspondente para avaliar a relação entre o AFP baseline e o efeito do tratamento com ramucirumabe.

Resultados
 

Em 250 pacientes com AFP ≥400 ng/mL na baseline (119 ramucirumabe; 131 placebo), a sobrevida global HR foi de 0,67 (95% CI 0,51-0,90; p=0,0059). A mediana de sobrevida global foi de 7,8 meses para ramucirumabe vs 4,2 meses para placebo. Em 417 pacientes com AFP ≥1.5 na baseline × limite superior ao normal (205 ramucirumabe; 212 placebo), a mediana de sobrevida global foi 8, 6 meses para ramucirumabe vs 5,7 meses para placebo e o HR foi de 0,749 (95% CI: 0,603, 0,930) (p=0,0088).

A interação testando o AFP baseline e os efeitos do tratamento com ramucirumabe na sobrevida global utilizando ambos cutoffs (400 ng/mL e 1,5 xULN) foram significativos (p-value = 0,0272 e 0,0372, respectivamente). O perfil de segurança nestas populações de pacientes foi semelhante ao observado na população geral.
 
O estudo concluiu que a melhoria clínica significativa na sobrevida global foi observada em populações com um AFP na baseline ≥400 ng/mL ou ≥ 1.5 × ULN. Análises adicionais demonstraram um benefício consistente de sobrevida global com ramucirumabe para a população de pacientes com baseline com uma ampla gama de valores acima do intervalo normal, indicando que o AFP no baseline é um provável marcador preditivo para o benefício de sobrevida global com o medicamento.
 
Informações do ensaio clínico: NCT01140347
 
Referências:
Abstract 232: Ramucirumab (RAM) as second-line treatment in patients (pts) with advanced hepatocellular carcinoma (HCC): Analysis of patients with elevated α-fetoprotein (AFP) from the randomized phase III REACH study.

http://abstracts.asco.org/158/AbstView_158_138985.html

 

Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519