09032021Ter
AtualizadoSeg, 08 Mar 2021 6pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

ESMO 2014

Abiraterona confirma resultados positivos em câncer de próstata metastático resistente a castração

Nota1_ESTRO_prostata_3_OK.jpgA análise final do estudo de fase III COU-AA-302 foi um dos destaques apresentados na conferência anual da ESMO 2014 e demonstrou que o uso de acetato de abiraterona combinado à prednisona pode retardar significativamente a progressão do câncer de próstata metastático resistente à castração (CPRCm) em pacientes sem quimioterapia anterior.

O COU-AA-302 foi apresentado na ESMO por Charles Ryan, da Universidade da Califórnia, líder da investigação.
A conclusão do estudo mostrou que depois de mais de quatro anos de seguimento (49,4 meses), o acetato de abiraterona, produzido pela Janssen, prolongou significativamente a sobrevida global (SG), com mediana de 34.7 meses versus 30.3 meses; HR = 0.80 [95% CI, 0.69-0.93]; p = 0.0027).

Os pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração (CPRCm) sem tratamento prévio com quimioterapia tiveram benefícios importantes com o uso de acetato de abiraterona em associação com prednisona.

“Desde a publicação da primeira análise interina, o acetato de abiraterona se tornou parte do arsenal de tratamento utilizado pelos médicos para o CPRCm”, disse Ryan. “Esta análise final confirma a tendência observada anteriormente, assim como o benefício significativo que este tratamento representa para os homens que vivem com esta doença”, esclareceu o especialista, lembrando que o perfil de segurança da abiraterona com administração concomitante com prednisona também se revelou bem tolerado.

O estudo COU AA 302 foi o primeiro a demonstrar ganhos estatisticamente significativos de sobrevida global e diante dos resultados alcançados, 44% dos pacientes do braço placebo-controle passaram a ser tratados com abiraterona mais prednisona. As agências reguladoras de diferentes partes do mundo, incluindo o FDA, nos Estados Unidos, e a europeia EMA basearam suas aprovações para o tratamento de pacientes com CPRCm nas análises provisórias do estudo COU-AA-302, que alcançaram os desfechos de sobrevida livre de progressão radiográfica (SLPr).

Referências: Abstract 7530
Final overall survival (OS) analysis of COU-AA-302, a randomized phase 3 study of abiraterone acetate (AA) in metastatic castration-resistant prostate cancer (mCRPC) patients (pts) without prior chemotherapy


C. Ryan (San Francisco, United States of America); M. Smith (Boston, United States of America) K. Fizazi (Villejuif, France);K. Miller (Berlin, Germany);P. Mulders (Nijmegen, Netherlands); C. Sternberg (Rome, Italy); F. Saad (Montréal, Canada);T. Griffin (Los Angeles, USA); P. De Porre (Beerse, Belgium);Y. Park (Raritan, USA);J. Li (Raritan, USA);T. Kheoh (Los Angeles, USA); V. Naini (Los Angeles, United States of America) A. Molina (Menlo Park, USA); D. Rathkopf (New York, USA)

Disponível em: https://www.webges.com/cslide/library/esmo/browse/search/5Ag#9f9k02Lm

Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519