25012021Seg
AtualizadoSex, 22 Jan 2021 4pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

ASCO GU 2014

PREVAIL e a enzalutamida no CPRC

14_asco_gu_00450_PREVAIL_CROP.jpgA ASCO GU teve entre os destaques da edição deste ano a apresentação dos resultados do estudo de fase III PREVAIL, que avaliou o uso da enzalutamida em 1717 pacientes com câncer de próstata resistente à castração, sem tratamento prévio de quimioterapia. A investigação foi realizada por Tomasz M. Beer e colegas, e concluiu que a enzalutamida reduziu em 29% o risco de morte em relação ao placebo [HR] 0.706, 95% CI [0.60-0.84]; p < 0.0001) e alcançou redução de 81% na progressão radiológica (rPFS: HR 0.186, 95% CI [0.15-0.23]; p < 0.0001). A sobrevida global (SG) foi de 32,4 meses versus 30,2 meses no braço placebo.

 A apresentação do estudo PREVAIL foi considerada mais uma grande vitória para o agente projetado como um “super antiandrogênico”. A análise interina trouxe evidências robustas dos benefícios da enzalutamida nos principais desfechos – sobrevida global e sobrevida livre de progressão radiográfica.

"Diante da eficácia e dos resultados de segurança, é possível dizer que enzalutamida traz ganhos clínicos significativos para os pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração", disse Beer, investigador principal do PREVAIL. Vale observar que aproximadamente 12% dos pacientes incluídos no estudo apresentavam metástase para o fígado e/ou pulmão no início da investigação. "A inclusão de pacientes com metástases viscerais é mais um fator que distingue o PREVAIL de outros estudos anteriores nesta população", concluiu o pesquisador.

Na opinião de especialistas, talvez um dos maiores destaques do estudo tenha sido a capacidade da enzalutamida de atrasar o tempo médio da quimioterapia por 17 meses na comparação com placebo. Enquanto no grupo placebo os pacientes iniciaram a quimioterapia citotóxica após a média de 10,8 meses face à progressão da doença, os pacientes tratados com enzalutamida iniciaram a quimioterapia citotóxica em média após 28 meses (HR 0,35, 95% CI [0,30-0,40]; p < 0,0001. (Abstract#1).

Fonte: Enzalutamide in men with chemotherapy-naive metastatic prostate cancer (mCRPC): Results of phase III PREVAIL study. J Clin Oncol 32, 2014 (suppl 4; abstr LBA1).

 
Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519