02122021Qui
AtualizadoSeg, 29 Nov 2021 7pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Estudo brasileiro discute neoadjuvância, número de linfonodos e sobrevida no câncer retal

leonardo bustamante bxA redução do número de linfonodos ressecados após tratamento com quimioterapia neoadjuvante tem impacto na sobrevida de pacientes com câncer retal? Leonardo Alfonso Bustamante-Lopez (foto) é o principal investigador de estudo da Universidade de São Paulo que pretende avaliar a sobrevida de pacientes com redução do número de linfonodos (LN) ressecados submetidos à excisão neoadjuvante e total do mesorreto. O estudo está aberto a recrutamento de pacientes e tem a colaboração dos professores Sergio Carlos Nahas, Ivan Cecconello, Caio Sergio Nahas, e Ulysses Ribeiro Junior.

Neste estudo, os principais endpoints são a taxa de sobrevida e recorrência entre pacientes com resposta patológica completa com menos de 12 LN e 12 ou mais LN, além de determinar se há diferença na sobrevida entre pacientes com resposta completa versus incompleta. “De acordo com a International Union Against Cancer, um mínimo de 12 linfonodos (LN) deve ser obtido na amostra cirúrgica para estadiamento do câncer colorretal. Estudos recentes relataram que o uso de quimiorradioterapia neoadjuvante (QRN) pode resultar em falha na obtenção do número mínimo de LN na peça em 30-52% dos pacientes”, justificam os autores. "A importância do trabalho é demonstrar que quando o paciente tem resposta patológica na peça cirúrgica, o número mínimo de 12 linfonodos perde importância como fator prognóstico. Porém é muito importante ressaltar que isso ocorre só em pacientes com resposta patológica completa", acrescenta Bustamante-Lopez. 

O estudo considera a inscrição de pacientes com câncer retal tratados com QRN (5-FU e 5040 Gys), seguido de excisão total do mesorreto com ligadura dos vasos mesentéricos inferiores. São elegíveis pacientes com estadiamento T3, T4 e / ou N + a até 10 cm da borda anal. Os critérios de exclusão consideram pacientes com neoadjuvância incompleta ou atrasos significativos no estadiamento e / ou na realização da cirurgia.

Todos os pacientes são estadiados por exame retal, colonoscopia, tomografia computadorizada de tórax e abdominal e ressonância magnética pélvica. No intervalo de 8 semanas após o término da QRT neoadjuvante os pacientes são operados e submetidos à excisão total do mesorreto.

A análise dos resultados compreende: a) Resposta patológica incompleta com menos de 12 LN; b) Resposta patológica incompleta com 12 ou mais LN; c) Resposta patológica completa com menos de 12 LN; e d) Resposta patológica completa com 12 ou mais LN.

Os pesquisadores estão avaliando a sobrevida em 5 anos de 250 participantes e os resultados parciais foram apresentados no Congresso da American Society of Colon and Rectal Surgeons (ASCRS).

A equipe já publicou outros três trabalhos em revistas internacionais (International Journal of Colorectal Diseases e International Journal of Surgery)1,2,3 abordando a discussão da diminuição do número de linfonodos na peça cirúrgica de pacientes tratados com QRN e excisão total de mesorreto. “O presente trabalho fechará a discussão com dados de sobrevida em 5 anos, o que nos tornará o grupo com mais publicações sobre o tema no mundo”, conclui Bustamante-Lopez.

O estudo está inscrito na plataforma ClinicalTrials.gov: NCT04456283.

Referências:

1 - Bustamante-Lopez L, Nahas CS, Nahas SC, Ribeiro U Jr, Marques CF, Cotti G, Rocco A, Cecconello I. Understanding the factors associated with reduction in the number of lymph nodes in rectal cancer patients treated by neoadjuvant treatment. Int J Colorectal Dis. 2017 Jun;32(6):925-927. doi: 10.1007/s00384-016-2747-7.

2 - Bustamante-Lopez LA, Nahas CSR, Nahas SC, Marques CFS, Pinto RA, Cotti GC, Imperiale AR, de Mello ES, Ribeiro U Junior, Cecconello I. Pathologic complete response implies a fewer number of lymph nodes in specimen of rectal cancer patients treated by neoadjuvant therapy and total mesorectal excision. Int J Surg. 2018 Aug;56:283-287. doi: 10.1016/j.ijsu.2018.07.001. Epub 2018 Jul 5.

3 - Bustamante-Lopez L, Nahas CS, Nahas SC. Lymph node harvest in rectal cancer patients with good tumor regression grade following neoadjuvant chemoradiotherapy. Int J Surg. 2019 Apr;64:57-58. doi: 10.1016/j.ijsu.2019.02.009. Epub 2019 Feb 15.

 

 


Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250

Estudos Clínicos

Estudo de mundo real deve retratar o cenário do câncer de mama RH+ HER2- no Brasil

Estudo de mundo real deve retratar o cenário do câncer de mama RH+ HER2- no Brasil

Latin American Cooperative Oncology Group (LACOG) espera incluir 300 participantes em um estudo observacional que pretende levantar dados de mundo real (real world data) no tratamento de primeira linha do câncer de mama metastático receptor hormonal positivo, HER 2 negativo. Este estudo foi um dos selecionados para suporte pelo Programa BRAVE com apoio da Novartis Brasil.

Leia Mais

Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519