19052022Qui
AtualizadoQua, 18 Maio 2022 11pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Drops de genômica

Entendendo as tecnologias de DNA Recombinante

Murad 2019 bxEm mais um tópico da coluna ‘Drops de Genômica’, o oncologista André Murad (foto) discute as tecnologias de DNA Recombinante. “Muitos esforços têm sido feitos para o desenvolvimento de tratamentos mais eficazes contra o câncer, que incluem variados anticorpos monoclonais e também imunoterápicos baseados em uma nova classe de produtos específicos para tumores que são produzidos usando tecnologia de DNA recombinante”, esclarece. Confira.

Por André Marcio Murad*

O objetivo da tecnologia de DNA recombinante é inserir um gene de uma espécie no genoma de outra. O processo envolve o isolamento de fragmentos de DNA de um genoma usando enzimas de restrição, que podem cortar o DNA em uma sequência precisa de bases. Estes podem ser remontados usando um processo conhecido como ligadura. Pedaços de DNA são unidos usando uma enzima chamada DNA-ligase. O fragmento de DNA resultante é chamado de DNA recombinante, pois foi recombinado com DNA de outras fontes. O processo de tecnologia de DNA recombinante é mostrado na figura abaixo.

drops dna recombinante
Os passos são os seguintes:

1. O gene necessário é isolado de uma célula.

2. Um pedaço de DNA circular conhecido como plasmídeo é removido das bactérias.

3. Dois pedaços de DNA são cortados usando a mesma enzima de restrição.

4. Os fragmentos produzidos têm extremidades adesivas correspondentes (seções de DNA de fita simples com bases nucleotídicas expostas no final de uma molécula de fita dupla).

5. O plasmídeo bacteriano é cortado em dois pontos usando as mesmas enzimas de restrição.

6. À medida que as extremidades adesivas do gene humano e do plasmídeo se unem, elas podem se unir por meio do pareamento de bases.  Este processo é chamado de recozimento.

7. Fragmentos de DNA são unidos pela enzima DNA-ligase.  Os fragmentos unidos podem formar um plasmídeo circular ou uma molécula linear.

8. O plasmídeo é inserido novamente em uma célula bacteriana, onde várias cópias do gene podem ser produzidas.

Uma vez que várias cópias do gene tenham sido produzidas, o gene pode ser inserido em uma célula-ovo de outra espécie e, após a fertilização, torna-se parte do DNA do organismo recém-formado.

Muitos esforços têm sido feitos para o desenvolvimento de tratamentos mais eficazes contra o câncer, que incluem variados anticorpos monoclonais e também imunoterápicos baseados em uma nova classe de produtos específicos para tumores que são produzidos usando tecnologia de DNA recombinante. Esses produtos recombinantes têm como objetivos principais eliminar as células tumorais e estimular as células imunes a identificar e responder de forma específica a estas mesmas células. Os principais produtos recombinantes na terapia anticâncer são imunoestimulantes, vacinas, anticorpos monoclonais, imunotoxinas e proteínas de fusão.

*André Murad é diretor científico do Grupo Brasileiro de Oncologia de Precisão (GBOP), diretor clínico da Personal - Oncologia de Precisão e Personalizada, professor adjunto coordenador da Disciplina de Oncologia da Faculdade de Medicina da UFMG, e oncologista e oncogeneticista da CETTRO Oncologia (DF)
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519