27092021Seg
AtualizadoSex, 24 Set 2021 3pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Drops de genômica

Entendendo a transcrição do DNA

Murad 2019 bxO oncologista André Marcio Murad (foto) explica a transcrição do DNA, em mais um artigo da série 'Drops de Genômica'. Confira.

Por André Marcio Murad*

Muitos fatores de transcrição do DNA afetam diretamente proto-oncogenes ou genes supressores de tumor, que por sua vez regulam o ciclo celular e, como tal, determinam o tamanho de uma célula e quando ela pode se dividir em duas células-filhas.  

Alterações nas células que dão origem ao câncer podem afetar o controle transcricional da expressão gênica. Mutações que ativam fatores de transcrição, como as que determinam um ganho de fosforilação, podem aumentar a ligação de um fator de transcrição a uma região gênica promotora. Consequentemente, ocorre um aumento da ativação transcricional desse gene, que por sua vez resulta em alterações importantes do crescimento e viabilidade celular tumoral.

O DNA é transcrito em RNA pela enzima RNA polimerase. A RNA polimerase move-se passo a passo ao longo do DNA, desenrolando a hélice de DNA na frente dele. À medida que progride, a polimerase adiciona ribonucleotídeos, um por um, à cadeia de RNA, usando uma fita de DNA exposta como molde. O transcrito de RNA resultante é, portanto, de fita simples e complementar à fita molde.

À medida que a polimerase se move ao longo do molde de DNA, ela desloca o RNA recém-formado, permitindo que as duas fitas de DNA atrás da polimerase retrocedam. Uma curta região de hélice de DNA / RNA híbrido (aproximadamente nove nucleotídeos de comprimento), portanto, se forma apenas transitoriamente, causando uma “janela” de hélice de DNA / RNA para se mover ao longo do DNA com a polimerase.

Já a DNA primase, que é um tipo de RNA polimerase, é uma enzima também envolvida na replicação do DNA. A primase catalisa a síntese de um RNA curto. Embora a primase e a RNA polimerase sintetizem RNA usando um molde de DNA, elas são enzimas diferentes, codificadas por genes distintos.

Os fragmentos denominados Okazaki são sequências curtas de nucleotídeos de DNA (aproximadamente 150 a 200 pares de bases de comprimento em eucariotos) que são sintetizados descontinuamente e posteriormente ligados entre si pela enzima DNA ligase para se criar a fita retardada durante a replicação do DNA.

drops agosto 21 2 jpg

drops agosto 21 jpg

*André Murad é diretor científico do Grupo Brasileiro de Oncologia de Precisão (GBOP), diretor clínico da Personal - Oncologia de Precisão e Personalizada, professor adjunto coordenador da Disciplina de Oncologia da Faculdade de Medicina da UFMG, e oncologista e oncogeneticista da CETTRO Oncologia (DF)
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519