20112018Ter
AtualizadoTer, 20 Nov 2018 1am

PUBLICIDADE
banner pfizer instuc 2018 468x60px

Imunoterapia no câncer renal metastático, dados do mundo real

RAPHAEL BRANDÃO NET OKEstudo publicado na Cancer, periódico da American Cancer Society, buscou estabelecer padrões de referência de eficácia de inibidores de checkpoint em pacientes com carcinoma de células renais metastático (CCRm), atualizando os resultados dos pacientes em cada classe prognóstica do IMDC (International Metastatic Renal Cell Carcinoma Database Consortium). O trabalho é o maior estudo já realizado de dados do mundo real sobre imunoterapia em câncer de rim, e contou com a participação do oncologista Raphael Brandão (foto), chefe do Américas Oncologia.

Os pesquisadores realizaram uma análise retrospectiva utilizando o banco de dados do IMDC, com informações de 38 centros de tratamento. Foram incluídos pacientes com CCRm tratados com ≥1 linha de imunoterapia. As taxas de resposta global (ORRs), a duração do tratamento (DOT) e a sobrevida global (SG) foram calculadas. Os pacientes foram estratificados usando fatores prognósticos IMDC.

Resultados

Um total de 687 pacientes (90% com carcinoma renal de células claras e 10% com células não claras) foram incluídos. A taxa de resposta objetiva foi de 27% em pacientes avaliáveis ​​(461 pacientes). Em doentes tratados com nivolumabe e ipilimumabe na primeira linha (49 doentes), associação de inibidor PD-L1 e inibidor do VEGF (72 doentes) e inibidor PD-L1 isolado (51 doentes), a ORR foi de 31% 39 % e 40%, respectivamente. A mediana de duração do tratamento (DOT) foi de 8,3 meses com nivo + ipi, 14,7 meses, com inibidor de PD-L1 + inibidor de VEGF e 8,3 meses para o inibidor de PD-L1 isolado.

A taxa de resposta global (ORR) para nivolumabe em segunda, terceira e quarta linhas foi de 22%, 24% e 26%, respectivamente. A mediana de duração do tratamento foi de 5,7 meses (segunda linha), 6,2 meses (terceira linha) e 8,3 meses (quarta linha).

Quando separados em grupos de risco favorável, risco intermediário e risco alto pelo IMDC, a taxa mediana de sobrevida global no cenário de segunda linha não foi alcançada (95% IC, NR-NR) na grupo de risco favorável, 26,7 meses (95% IC, 20,6-48,5 meses) no grupo de risco intermediário e 7,4 meses (95% IC, 4,8-16,7 meses) no grupo de alto risco (P <0,0001). Na terceira linha de tratamento a mediana de sobrevida global foi de 36,1 meses (95% CI, 23.6 meses-NR) no grupo de risco favorável, 28,2 meses (95% CI, 12.0 meses-NR) no grupo de risco intermediário, e 11,1 meses (95% CI, 4.5-39.1 meses) no grupo de alto risco (P = .016).  

Na quarta linha de tratamento a mediana de SG foi não atingida (95% CI, NR-NR), não atingida (95% CI, 11.7 meses-NR), e 6,7 meses (95% CI, 1.1 meses-NR) para os grupos de risco favorável, risco intermediário e alto risco, respectivamente (P = .047). No cenário de primeira linha os dados ainda são imaturos e serão atualizados no futuro.

Segundo os autores, os resultados do estudo estabeleceram parâmetros de eficácia relativos à ORR e ao DOT que podem ser usados ​​para o desenho de estudos clínicos e aconselhamento ao paciente. “As ORRs continuam sendo substanciais, mesmo quando os agentes imunoterápicos são utilizados ​​posteriormente, nas configurações de terceira e quarta linha. Os critérios prognósticos do IMDC podem ser aplicados no cenário de tratamento de imunoterapia do carcinoma de células renais metastático (CCRm) pois estratificam adequadamente os pacientes em grupos de risco favorável, risco intermediário e baixo risco nas configurações de segunda, terceira e quarta linha para a SG”, afirmaram.

“O uso de inibidores de checkpoint mostrou evidências de atividade em pacientes com CCRm, mesmo quando usados mais tarde na terceira e quarta linha, por exemplo”, observou Brandão

Referência:  Checkpoint Inhibitors in Patients With Metastatic Renal Cell Carcinoma: Results From the International Metastatic Renal Cell Carcinoma Database Consortium - Steven M. Yip; Connor Wells; Raphael Moreira; Alex Wong; Sandy Srinivas; Benoit Beuselinck; Camillo Porta; Hao-Wen Sim; D. Scott Ernst; Brian I. Rini; Takeshi Yuasa; Naveen S. Basappa; Ravindran Kanesvaran; Lori A. Wood; Christina Canil; Anil Kapoor; Simon Y.F. Fu; Toni K. Choueiri; and Daniel Y.C. Heng - First published: 11 October 2018 - https://doi.org/10.1002/cncr.31595


Publicidade
Publicidade
banner Sanofi 2017 300x250
Publicidade
banner astellas2018 v1
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
Merck 300x250 2018
Publicidade
banner logoBMS 2018 300x250
Publicidade
ad lilly 300X250px
Publicidade
banner abbvie2018 300X250p