22032019Sex
AtualizadoQua, 20 Mar 2019 10pm

banner_freud_adv_468x60.jpg

Pesquisas em microbioma esperam melhorar resultados no tratamento do câncer

microbiota intestinal NET OKPara ampliar a compreensão do papel do microbioma no tratamento do câncer, instituições de excelência reforçam pesquisas, em diferentes frentes. No Brasil, o AC Camargo Cancer Center é o centro coordenador de estudo randomizado Fase II que examina o uso de pré e probióticos durante o tratamento de quimiorradioterapia (Ch-RT) em pacientes com câncer anal de células escamosas (ACSCC) com doença inicial. O objetivo é aumentar a efetividade do tratamento convencional.


Metagenômica amplia sequenciamento e ajuda a decifrar microbioma humano

Murad 2018 NET OKEstudo de metagenômica publicado na Nature em março deste ano (doi:10.1038/s41586-019-1058-x) reúne achados que representam um aumento de 50% na diversidade filogenética de bactérias intestinais sequenciadas e abrem caminho para melhorar modelos preditivos. O oncologista André Murad (foto), coordenador da Disciplina de Oncologia da Faculdade de Medicina da UFMG e membro do GBOP- Grupo Brasileiro de Oncologia de Precisão, comenta o trabalho.

FDA aprova Trazimera, biossimilar do trastuzumabe

biossimilaresA U.S. Food and Drug Administration (FDA) aprovou o Trazimera™1 (Pfizer), biossimilar do trastuzumabe (Herceptin, Roche) indicado para o tratamento do câncer de mama, câncer gástrico metastático ou adenocarcinoma de junção gastroesofágica com superexpressão HER2.

Guideline ASCO: adjuvância no câncer do trato biliar ressecável

JULIANA FLORINDA NET OKA ASCO publicou uma uma diretriz de prática clínica baseada em evidências para auxiliar na tomada de decisão clínica para pacientes com câncer de trato biliar ressecado. Publicado no Journal of Clinical Oncology (JCO), o guideline considera os resultados do estudo BILCAP, e recomenda que pacientes com câncer de trato biliar ressecado recebam quimioterapia adjuvante com capecitabina por um período de 6 meses. A publicação desta diretriz é de grande importância para guiar o tratamento adjuvante dos tumores de vias biliares. Até pouco tempo atrás, não tínhamos dados que respaldassem o uso de quimioterapia neste cenário”, afirma a oncologista Juliana Florinda Rêgo (foto), diretora do Grupo Brasileiro de Tumores Gastrointestinais (GTG) e médica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Embolização transarterial hepática em pacientes com tumores neuroendócrinos

rachel jose eduardo poster bxEstudo brasileiro buscou avaliar a segurança e eficácia da embolização transarterial hepática eletiva (TAE) ou quimioembolização transarterial (TACE) em pacientes com metástases hepáticas de tumores neuroendócrinos irressecáveis. Os resultados foram apresentados na sessão de pôster do ENETS 2019, em Barcelona, pelo oncologista José Eduardo Nunez (foto), do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, e fellow de TNE do Programa de parceria A.C. Camargo e SBOC. O trabalho foi coordenado pela oncologista Rachel Riechelmann.

Cardiotoxicidade no tratamento oncológico

ARIANE SABCS18 NET OKVários parâmetros têm sido reconhecidos como preditores de toxicidade cardíaca em mulheres que receberam antracíclicos ou anticorpos monoclonais no tratamento do câncer de mama. Estudo brasileiro avaliou a Alteração Contrátil Segmentar Ventricular Esquerda (LVSWMA, da sigla em inglês) como parâmetro para a presença de cardiotoxicidade e concluiu que este novo indicador pode ser útil para a estratificação de risco. A cardiologista Ariane Vieira Scarlatelli Macedo (foto), co-autora do estudo, comenta os resultados.

Meta-análise examina HPV no câncer de pênis

carvalhal 19 bx okRevisão sistemática e meta-análise publicada no Lancet Oncology examinou globalmente a prevalência do DNA do papilomavírus humano (HPV) e a positividade da p16 INK4a no câncer de pênis e na neoplasia intraepitelial de pênis. Os resultados mostram que uma grande proporção de casos de câncer de pênis e neoplasias intraepiteliais penianas está associada à infecção pelo HPV (predominantemente HPV16). “A vacinação contra o HPV, especialmente o subtipo HPV16 tem o potencial de transformar o panorama do câncer de pênis em nosso país e deveria ser mais amplamente discutida em nosso meio”, destaca o uro-oncologista Gustavo Carvalhal (foto), do Hospital Moinhos de Vento e da PUC-RS, que comenta o estudo para o Onconews.

Pacientes jovens com câncer colorretal e erros diagnósticos

Colorretal OK NET OK ASCO 2016Muitos pacientes com câncer colorretal e menos de 50 anos são inicialmente mal diagnosticados, o que contribui para o diagnóstico em estágios avançados da doença. Os resultados são de um survey apontoado entre os destaques do programa científico do Congresso anual da American Association for Cancer Research (AACR 2019), que acontece entre os dias 29 de março e 03 de abril, em Atlanta.

Assinatura prognóstica no câncer colorretal

colorretal NET OKDados publicados na Cancer Immunology Research sugerem que um método baseado na relação entre formações de brotamento tumoral e infiltração linfocítária pode estratificar melhor os pacientes com câncer colorretal estadio 2 (CCR) com alto risco de morte em comparação com os métodos tradicionais de estadiamento clínico. “Nosso método combinado foi superior ao atual sistema de estadiamento na definição do prognóstico do paciente com câncer colorretal estadio 2", disse a primeira autora, Ines Nearchou, da Escola de Medicina da Universidade de St. Andrews em North Haugh, na Escócia.

FDA aprova imunoterapia para câncer de mama triplo negativo

MAMA NET OKA Food and Drug Administration concedeu aprovação acelerada ao atezolizumab (TECENTRIQ®, Genentech Inc.) em combinação com a quimioterapia nab-paclitaxel (Abraxane®) no tratamento de primeira linha do câncer de mama triplo negativo irressecável, localmente avançado ou metastático, com expressão positiva de PD-L1. A decisão foi baseada nos resultados do estudo IMpassion130, apresentados em outubro durante o Congresso ESMO 2018, em Munique, Alemanha.

TALENT: lenvatinibe em tumores neuroendócrinos pancreáticos e gastrointestinais

Duílio Rocha NET OK 2018Os resultados de eficácia e segurança do estudo TALENT apresentados no ENETs 2019 pelo oncologista Jaume Capdevila, do Vall d'Hebron University Hospital, em Barcelona, Espanha, demonstraram atividade significativa de lenvatinibe em tumores neuroendócrinos. “O estudo mostra de forma clara a atividade de uma nova terapia-alvo no manejo dos tumores neuroendócrinos, mesmo em população politratada”, afirma o oncologista Duílio Rocha Filho (foto), chefe do Serviço de Oncologia Clínica do Hospital Universitário Walter Cantídio (UFC-CE) e membro da diretoria do Grupo Brasileiro de Tumores Gastrointestinais (GTG).

Cardiopatia carcinoide em pacientes com tumores neuroendócrinos

deise uema bxEstudo multi-institucional com participação de diversas instituições brasileiras, além de centros da Argentina, Alemanha e Estados Unidos, buscou avaliar a incidência de cardiopatia carcinoide e os fatores que afetam a sobrevida global em pacientes com tumores neuroendócrinos avançados tratados nos sistemas de saúde público e privado. Selecionado para a sessão de pôster da conferência anual da Sociedade Europeia de Tumores Neuroendócrinos (ENETS 2019), em Barcelona, Espanha, o trabalho é coordenado pela oncologista Rachel Riechelmann, e tem como primeira autora a pesquisadora Deise Uema (foto), da Universidade Internacional de Dresden, Alemanha.

Suplementos de soja e risco de câncer de mama

soja isoflavona bxEstudo que avaliou prospectivamente 76.442 mulheres francesas acima de 50 anos não mostrou associação entre o uso de suplementos contendo isoflavonas de soja e o risco de câncer de mama. No entanto, quando consideradas as mulheres que desenvolveram câncer de mama receptor hormonal, os pesquisadores observaram risco menor para câncer de mama estrogênio receptor positivo (ER+) e maior risco de câncer de mama ER negativo (ER-) nas usuárias atuais de isoflavonas.

Campanha alerta para infecção pelo HPV

dia hpv bxPela segunda vez o Dia Internacional de Conscientização do HPV, comemorado mundialmente no dia 04 de março, busca reforçar o alerta global para a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), responsável pelo desenvolvimento de diferentes tipos de câncer. Novamente o ICESP participa da data com a campanha #TragoVerdadesDoHPV, ação que integra a campanha mundial liderada pela International Papillomavirus Society.

Mutações EGFR e KRAS na maior série brasileira de adenocarcinomas pulmonares

Pulm o DEZ NET OKEstudo conduzido no Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos) traz novos dados sobre a frequência de mutações EGFR e KRAS em uma grande série brasileira de adenocarcinomas pulmonares. Os achados foram publicados 1º de março na Scientific Reports. “Avaliamos o impacto clinicopatológico e étnico das mutações EGFR e KRAS na maior série de adenocarcinomas pulmonares brasileiros, com achados que podem apoiar futuras estratégias clínicas para pacientes brasileiros com câncer de pulmão“, dizem os autores.

LION: linfadenectomia no câncer de ovário avançado

GLAUCO NET OKEm pacientes com câncer de ovário avançado submetidos à ressecção macroscópica intra-abdominal completa e com linfonodos normais antes e durante a cirurgia, a linfadenectomia não foi associada à melhor sobrevida global e sobrevida livre de progressão. A abordagem também foi associada à maior incidência de complicações pós-operatórias. Os dados do estudo LION foram publicados no New England Journal of Medicine (NEJM). O cirurgião Glauco Baiocchi (foto), diretor do Departamento de Ginecologia Oncológica do A.C. Camargo Cancer Center e membro do Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos (EVA/GBTG), comenta o trabalho.

FDA pede cautela com cirurgia robótica em câncer

prostatectomia Robotica 1 NET OKA agência norte-americana FDA publicou dia 28/2 um comunicado de segurança para médicos e pacientes, pedindo cautela ao usar dispositivos cirúrgicos assistidos por robô para mastectomia e outras cirurgias oncológicas. “Esses procedimentos são frequentemente associados a melhores resultados de sobrevida. No entanto, hoje estamos alertando pacientes e profissionais de que o uso de dispositivos cirúrgicos assistidos por robô para qualquer cirurgia relacionada ao câncer não recebeu autorização de comercialização da agência e, portanto, os benefícios de sobrevida quando comparados à cirurgia tradicional não foram estabelecidos", disse Terri Cornelison, diretor do Centro de Dispositivos e Saúde Radiológica da FDA.

Guideline ASCO: rastreamento do câncer colorretal adaptado à disponibilidade de recursos

Gilberto Lopes 2019A ASCO publicou um guideline com recomendações para a detecção precoce do câncer colorretal em diferentes configurações de recursos, classificadas em básico, limitado, avançado e máximo. Liderado pelo oncologista brasileiro Gilberto Lopes (foto), o trabalho foi publicado no Journal of Global Oncology (JGO), em edição que traz ainda recomendações para o tratamento de pacientes com câncer colorretal no estágio inicial adaptadas a diferentes cenários de disponibilidade de recursos.

Aveloz: estudo mostra atividade citotóxica de fitoterápico brasileiro

foto aveloz barretos bxUm arbusto popularmente conhecido como aveloz (Euphorbia tirucalli) produz um látex largamente empregado na medicina popular brasileira. Esse látex e seus compostos derivados comprovaram atividade citotóxica em uma gama de linhagens de células tumorais humanas. É o que mostram os estudos que tem como primeira autora a pesquisadora Viviane A O Silva (na foto ao centro, ao lado dos pesquisadores Rui Manuel Reis e Marcela Nunes Rosa), do Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos). Os resultados foram publicados na Investigational New Drugs.

Formação médica em debate

ricardo sergio barretos2019Os currículos das escolas médicas estão preparados para formar especialistas para atuar na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer? Em vídeo, os médicos Ricardo dos Reis, diretor de ensino do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos), e Sergio Serrano, diretor da Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB), analisam os desafios que cercam a formação médica. Assista.


Publicidade
banner astellas2018 v1
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250
Publicidade
banner abbvie2018 300X250p