19072018Qui
AtualizadoQua, 18 Jul 2018 5pm

PUBLICIDADE
banner pfizer instuc 2018 468x60px

ASCO GU 2018

FALCON: impacto do PET/CT com 18F-fluciclovina no manejo clínico do câncer de próstata com recidiva bioquímica

Prostata 2018 NET OKEstudo prospectivo apresentado no 2018 Genitourinary Cancers Symposium mostrou que o PET/CT com 18F-fluciclovina tem impacto substancial em decisões clínicas para homens com um primeiro recidiva bioquímica do câncer de próstata após terapia primária com intenção curativa.

A detecção da extensão da recorrência local e das metástases na recorrência bioquímica (BCR) do câncer de próstata facilita a seleção do tratamento adequado. O estudo FALCON buscou avaliar o impacto do PET/CT com 18F-fluciclovina no tratamento clínico de homens com recidiva bioquímica de câncer de próstata após terapia radical inicial.

Métodos

Os pacientes que foram considerados para terapia de resgate com intenção curativa após a primeira recidiva bioquímica foram recrutados em seis locais do Reino Unido. Os planos de manejo foram documentados antes e após a imagem do PET/CT com 18F-fluciclovina. As alterações pós-scan para a modalidade de tratamento, como radioterapia de resgate [RT] à terapia sistêmica foram classificadas como "maiores", enquanto as mudanças dentro de uma modalidade (por exemplo, campos RT modificados) foram classificadas como "outras".

Foi realizada uma análise interina pré-planejada dos primeiros 85 pacientes. O recrutamento deveria ser interrompido para a eficácia se o número de alterações do tratamento fosse > 45 (52,9%; 97,5% IC: 40,3-62,3%), ou para futilidade se ≤ 8 (9,4%, 97,5% IC: 3,6-18,9%).

Resultados

Os 85 pacientes inscritos tinham mediana de 4,8 anos de diagnóstico pós-inicial, com mediana de idade de 67 anos e PSA médio de 0,63 ng/mL. Doze (14,1%) tiveram um escore de Gleason ≤ 6, 60 (70,6%) tiveram uma pontuação de 7 e 13 (15,3%) apresentaram pontuação ≥ 8. A maioria (56; 65,9%) já havia sido submetida a prostatectomia radical (RP) com 27 tendo recebido radioterapia (± outra terapia).

A maioria dessas imagens (52; 61,2%) teve uma mudança no gerenciamento (CIM) pós-scan. O recrutamento foi posteriormente interrompido à medida que a condição pré-especificada que definia a eficácia foi atingida.

Os autores concluíram que o PET/CT com 18F-fluciclovina tem impacto substancial em decisões clínicas para homens com uma primeira recidiva bioquímica de câncer de próstata após terapia primária com intenção curativa.

Informação do ensaio clínico: NCT02578940

Referência:  Abstract 165 - The FALCON trial: Impact of 18F-fluciclovine PET/CT on clinical management choices for men with biochemically recurrent prostate cancer. - Eugene Jueren Teoh et al - Citation: J Clin Oncol 36, 2018 (suppl 6S; abstr 165)

 

Publicidade
banner_assine_300x250.jpg
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner Sanofi 2017 300x250
Publicidade
banner astellas2018 v1
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner logoBMS 2018 300x250