20022019Qua
AtualizadoTer, 19 Fev 2019 10pm

PUBLICIDADE
banner pfizer instuc 2018 468x60px

ASCO GI 2019

O perfil do câncer na população muito idosa

Idoso NET OKEstudo brasileiro que será apresentado no 2019 Gastrointestinal Cancers Symposium discute o perfil de pacientes muito idosos (> 80 anos) com malignidades gastrointestinais, destacando oportunidades para melhorar o tratamento nessa população. O estudo tem a participação do oncologista Paulo Hoff e como primeira autora Marcela Crosara Alves Teixeira, oncologista do Sírio-Libanês Brasília.

Neste estudo de coorte, os pesquisadores analisaram, retrospectivamente, pacientes muito idosos tratados no Hospital Sírio Libanês e diagnosticados com câncer colorretal (CCR). Foram coletadas informações de prontuário sobre idade, sexo, PS-ECOG, estadiamento e cirurgia, além de dados sobre o tipo de tratamento e sobrevida.

Resultados

Dos 88 pacientes muito idosos com câncer gastrointestinal, 40 (45,4%) tinham câncer colorretal (CCR), sendo 29 cólon e 11 reto. Em 14 pacientes os tumores eram do lado direito e 26 do lado esquerdo. A mediana de idade foi de 82,5 anos, 21 (52,5%) homens. O performance status ECOG ao diagnóstico foi de 0/1 em 29 pontos, 19 (47,5%) apresentaram doença estágio IV e 27 receberam cirurgia no sítio primário. Como tratamento, 23 pacientes (57,5%) receberam quimioterapia, sendo 4 adjuvantes e 19 paliativas. Fluoropirimidina como agente único foi a terapia de primeira linha em 47%, quimioterapia em 42% e 26% receberam terapia anti-VEGFR. Seis pacientes com câncer retal receberam quimiorradioterapia. A mediana de sobrevida entre os pacientes com CCR em estágio IV foi de 27,5 meses.

“Esta coorte é um dos poucos dados relatados sobre o câncer na população muito idosa. A incidência de câncer nesta faixa etária é alta e merece ser melhor caracterizada, tanto em estudos clínicos quanto a partir de dados retrospectivos”, argumentam os autores.

O estudo brasileiro lembra que aproximadamente 60% de todos os cânceres e 70% da mortalidade ocorrem em pacientes com 65 anos ou mais. Apesar disso, há uma falta significativa de evidências sobre a segurança e eficácia dos tratamentos para essa população.

A apresentação completa dos resultados acontece na sessão de pôster da ASCO GI, no sábado, dia 19 de janeiro (Abstract #:507)

Referências: Colorectal cancer (CRC) among very elderly ( > 80 yo) patients (pts): A Brazilian single institution cohort - J Clin Oncol 37, 2019 (suppl 4; abstr 507) - Marcela Crosara Alves Texeira, Kelsen Moura, Pedro Cabral, Suelen Medeiros Silva, Allan Andresson Lima Pereira, Frederico Costa, Jorge Sabagga, Paulo Marcelo Hoff, Gustavo Dos Santos Fernandes; Instituto Do Cancer Do Estado De Sao Paulo, Sao Paulo, Brazil; Hospital Sirio-Libanês, Brasilia, Brazil; Hospital Sírio-Libanês, Brasilia, Brazil; Hospital Sírio-Libanês, Brasília, Brazil; Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, São Paulo, Brazil; Hospital Sirio-Libanês, Sao Paulo, Brazil; Instituto do Cancer do Estado de São Paulo, São Paulo, Brazil

Publicidade
banner astellas2018 v1
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner abbvie2018 300X250p