17082017Qui
AtualizadoQua, 16 Ago 2017 8pm

banner_freud_adv_468x60.jpg

Estudos em câncer de próstata são destaque na ASCO 2017

Instituto Oncoclínicas - Os oncologistas Andrey Soares, médico do Centro Paulista de Oncologia (CPO) e Chair da LACOG-GU, e Ariel Kann, oncologista clínico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e do CPO, conversam sobre os resultados do estudo de fase III LATITUDE (LBA3). Apresentado na Sessão Plenária, o trabalho mostrou que a adição de acetato de abiraterona mais prednisona ao tratamento hormonal prolonga a sobrevida e atrasa cerca de 18 meses a progressão do câncer de próstata em homens recém-diagnosticados com doença metastática de alto risco.

Os especialistas também abordam os dados do STAMPEDE (LBA5003), a maior análise já realizada sobre o uso de abiraterona como terapia de primeira linha para câncer de próstata avançado.
 
Referências: Abstract LBA3: LATITUDE: A phase III, double-blind, randomized trial of androgen deprivation therapy with abiraterone acetate plus prednisone or placebos in newly diagnosed high-risk metastatic hormone-naive prostate cancer. - Karim Fizazi et al - Citation: J Clin Oncol 35, 2017 (suppl; abstr LBA3)
 
Referência: Abstract LBA5003: Adding abiraterone for men with high-risk prostate cancer (PCa) starting long-term androgen deprivation therapy (ADT): Survival results from STAMPEDE (NCT00268476). - Nicholas D. James - Citation: J Clin Oncol 35, 2017 (suppl; abstr LBA5003)

Leia mais: 
LATITUDE: abiraterona no câncer de próstata metastático


STAMPEDE: abiraterona na primeira linha do câncer de próstata avançado

ASCO 2017 

 

Publicidade
AD_Pfizer_2017_ 300x250px.jpg
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
AD_sanofi_300x250.JPG
Publicidade
banner logo astellas 300x250
Publicidade
banner_assine_300x250.jpg